Copa do Mundo bienal arrecadaria US$ 4,4 bilhões extras, diz Fifa

Os relatórios otimistas contrastam fortemente com análises apresentadas por críticos das propostas, que mostraram custos altos

Taça da Copa do Mundo
Taça da Copa do Mundo Reuters

Simon Evansda Reuters

Ouvir notícia

Líderes do futebol internacional foram informados pela Fifa nesta segunda-feira (20) que optar por uma Copa do Mundo bienal criaria uma renda extra de 4,4 bilhões de dólares para a entidade.

A Fifa está realizando uma “cúpula global” de líderes de federações nacionais de futebol para debater sua proposta de aumentar a frequência do Mundial de quatro para dois anos.

Os dados financeiros são parte de um estudo geral de viabilidade que a Fifa está apresentando nesta segunda-feira. Não se planeja uma votação no evento, que faz parte do processo de consulta da Fifa.

Os relatórios otimistas contrastam fortemente com uma análise apresentada por críticos das propostas.

Há oposição de times da Europa, das grandes ligas e da Uefa, entidade que governa o futebol europeu e cujo presidente, Aleksander Ceferin, ameaça boicotar qualquer torneio adicional.

No mês passado, um relatório encomendado pelo Fórum das Ligas Mundiais disse que a proposta da Fifa, alinhada a mudanças no Mundial de Clubes, poderia custar às grandes ligas domésticas e à Uefa cerca de 8 bilhões de dólares por temporada em direitos de transmissão de televisão, bilheterias e acordos comerciais.

Os delegados presentes na cúpula desta segunda-feira foram informados que um relatório da empresa italiana Open Economics revelou que os rendimentos das competições das ligas domésticas e da Uefa não são prejudicados por torneios das seleções e de clubes no exterior.

Mais Recentes da CNN