Cristiano Ronaldo é 1º jogador de futebol a ganhar mais de US$ 1 bi na carreira

Craque português recebeu, apenas de salários, mais de US$ 650 milhões; resto do valor vem de contratos de patrocínio

O jogador de 35 anos foi filmado chegando ao centro de treinamento Continassa, do clube de Turim.
O jogador de 35 anos foi filmado chegando ao centro de treinamento Continassa, do clube de Turim. Foto: Massimo Pinca/Reuters

Ben Church, da CNN

Ouvir notícia

O astro português Cristiano Ronaldo se tornou o primeiro jogador de futebol da história a ganhar mais de US$ 1 bilhão durante sua carreira de jogador, segundo a revista Forbes.

O atacante da Juventus faturou US$ 650 milhões apenas com seus salários. O restante é proveniente de uma série de acordos de patrocínio fora dos campos.

Ronaldo se torna o terceiro atleta a quebrar a marca do US$ 1 bilhão enquanto ainda joga, juntando-se a Tiger Woods e Floyd Mayweather neste ilustre clube.

Apenas neste ano ele recebeu mais de US$ 105 milhões, sem considerar o pagamento de impostos, fazendo dele o segundo atleta mais bem pago nos últimos 12 meses – atrás apenas de Roger Federer.

Seu rival Lionel Messi acumulou US$ 605 milhões em seus contratos de futebol desde o início de sua carreira, tendo jogado apenas pelo Barcelona desde que se profissionalizou.

Leia também:

Cristiano Ronaldo retorna a treinos da Juventus após 2 meses

Rihanna, Huck, Messi, CR7 e mais: as doações milionárias contra a COVID-19

CR7, por outro lado, esteve envolvido em negócios lucrativos envolvendo alguns dos maiores clubes do planeta, como Manchester United, Real Madrid e sua atual equipe, a Juventus.

Ele ganhou cinco vezes a Bola de Ouro – prêmio criado pela revista francesa France Football para escolher o melhor futebolista da temporada – durante sua carreira, repleta de sucesso.

O jogador de 35 anos conquistou o título nacional três vezes na Inglaterra, duas na Espanha e outra na Itália. Ele também acumula cinco títulos da Liga dos Campeões e liderou seu país à conquista da Euro 2016.

O atacante também é o atleta mais seguido nas redes sociais, com 222 milhões de seguidores no Instagram. Sua atração global ajudou a Juventus a vender 520 mil camisas de Ronaldo, avaliadas em mais de US$ 60 milhões, nas 24 horas seguintes à sua contratação, de acordo com a Forbes.

Seu contrato vitalício com a Nike, assinado em 2016, também rende ao craque português mais de US$ 20 milhões por ano. Ele é o terceiro atleta a assinar com a marca por toda a vida, juntando-se a Michael Jordan e LeBron James.

(Texto traduzido. Clique aqui e leia o original em inglês)

 

Tópicos

Mais Recentes da CNN