Faltando dois meses para Olimpíada, Japão vê baixa adesão à vacinação

Menos de 2% da população de 126 milhões do Japão foi totalmente vacinada contra a Covid-19; os Jogos de Tóquio começam em 23 de julho

A pandemia mudou as expectativas para as Olimpíadas de Tóquio
A pandemia mudou as expectativas para as Olimpíadas de Tóquio Foto: REUTERS/Issei Kato

Chandler Thornton e Junko Ogura, CNN

Ouvir notícia

O Japão abriu centros de vacinação contra a Covid-19 em grande escala em Tóquio e Osaka, com a esperança de acelerar a implementação de vacinação.

O governo japonês disse que pretende vacinar até 15 mil pessoas por dia. Mas nesta segunda-feira (24), apenas 5 mil pessoas deveriam receber doses no local de Tóquio e 2.500 nas instalações de Osaka.

Os locais foram montados pelo governo central e irão administrar a vacina contra a Covid-19 da Moderna.

Cerca de 180 médicos e enfermeiras das Forças de Autodefesa do Japão trabalharão no local de Tóquio e 100 médicos e enfermeiras farão parte da equipe de Osaka.

As reservas online foram abertas na semana passada para pessoas com 65 anos ou mais em Tóquio e Osaka.

Os idosos das prefeituras vizinhas de Chiba, Saitama e Kanagawa, assim como Kyoto e Hyogo, podem fazer a reserva para vacinação a partir da próxima segunda-feira (31).

Menos de 2% da população de 126 milhões do Japão foi totalmente vacinada contra a Covid-19, de acordo com dados compilados pela CNN.

(Esse texto é uma tradução. Para ler o original, em inglês, clique aqui)

Mais Recentes da CNN