Hamilton vence GP da Bélgica e faz homenagem a Chadwick Boseman no pódio

O britânico, que largou da pole e liderou todas as voltas, cruzou a linha de chegada 8,4 segundos à frente do companheiro de equipe

 
  Foto: Francois Lenoir/ Reuters

Abhishek Takle. Reuters

Ouvir notícia

Lewis Hamilton ampliou a vantagem na liderança da classificação geral da Fórmula 1 com uma vitória incontestável, neste domingo (30), no Grande Prêmio da Bélgica.

O britânico, que largou da pole e liderou todas as voltas, cruzou a linha de chegada 8,4 segundos à frente do companheiro de equipe Valtteri Bottas, que garantiu uma dobradinha para a Mercedes.

Max Verstappen, conquistando seu sexto pódio consecutivo, foi o terceiro pela Red Bull.

A vitória de Hamilton em um ensolarado circuito de Spa-Francorchamps, que o deixou a duas vitórias do recorde de Michael Schumacher de 91 triunfos, foi sua quinta em sete corridas neste ano.

O resultado o colocou 47 pontos à frente de Verstappen na classificação geral, após 10 das 17 corridas desta temporada. Bottas reduziu a diferença para Verstappen, mas permaneceu em terceiro.

Daniel Ricciardo, que conquistou o ponto extra pela volta mais rápida, terminou em quarto, à frente do companheiro de equipe na Renault Esteban Ocon, que tirou o quinto lugar de Alexander Albon, da Red Bull, na última volta.

Lando Norris, o único piloto da McLaren na corrida depois que seu companheiro de equipe, Carlos Sainz, não conseguiu largar devido a um problema no escapamento, foi o sétimo, à frente de Pierre Gasly, da Toro Rosso.

A dupla da Racing Point, Lance Stroll e Sergio Perez, completou o top 10.

A Ferrari, vencedora da Bélgica nos últimos dois anos, terminou fora dos pontos.

 

Mais Recentes da CNN