Já classificado, Brasil empata em 1 a 1 contra o Equador fora de casa

Jogo foi marcado por lances polêmicos e interferência decisiva do árbitro de vídeo

Seleção Brasileira na partida desta quinta-feira (27) contra o Equador, em Quito, pelas Eliminatórias da Copa do Mundo de 2022
Seleção Brasileira na partida desta quinta-feira (27) contra o Equador, em Quito, pelas Eliminatórias da Copa do Mundo de 2022 Lucas Figueiredo/CBF

Vinícius Tadeuda CNN

São Paulo

Ouvir notícia

Em sua estreia nos gramados em 2022, a Seleção Brasileira empatou em 1 a 1 com o Equador na noite desta quinta-feira (27) jogando fora de casa, no estádio Rodrigo Paz Delgado, em Quito. A partida foi válida pela 15ª rodada das Eliminatórias da Copa do Mundo de 2022. Com o resultado, a seleção equatoriana adiou em pelo menos mais um jogo a confirmação da vaga no Mundial do Catar.

O gol do Brasil foi marcado logo no início do jogo, quando aos cinco minutos o volante Casemiro aproveitou cruzamento de Philippe Coutinho e empurrou a bola para o fundo das redes depois de dividir com o goleiro equatoriano.

Os equatorianos empataram o placar com Félix Torres na segunda etapa, aos 29 minutos. O zagueiro subiu mais alto depois da cobrança de escanteio fechado e cabeceou no canto do gol de Alisson.

Nos minutos finais da partida, um pênalti para o Equador chegou a ser marcado, mas anulado após revisão do VAR. No lance polêmico, Alisson saiu do gol para afastar a bola quando atingiu a cabeça de Ayrton Preciado e recebeu o cartão vermelho. No entanto, o lance ainda foi revisado pelo árbitro de vídeo e a partida permaneceu empatada.

A partida ainda contou com uma expulsão para cada lado. Aos 14 minutos do primeiro tempo, o goleiro equatoriano Alexander Domínguez cometeu falta gravíssima indo com a sola da chuteira no pescoço do atacante Matheus Cunha. O lance foi revisado pelo VAR e o árbitro confirmou a expulsão do equatoriano.

Do lado brasileiro, o lateral direito Emerson recebeu o segundo cartão amarelo após cometer falta forte em uma dividida com Estrada aos 19 minutos do primeiro tempo. O goleiro Alisson chegou a receber o cartão vermelho uma segunda vez. No primeiro tempo, depois de atingir o rosto de Enner Valencia, recebeu a expulsão mas o cartão foi corrigido para o amarelo após revisão do VAR.

Já classificado para a Copa do Mundo, o Brasil continua liderando com folga o grupo das Eliminatórias, somando 36 pontos com 11 vitórias e três empates. A equipe comandada pelo técnico Tite também manteve a invencibilidade no torneio e o posto de melhor ataque e melhor defesa da competição.

Por sua vez, o Equador deixou escapar a chance de já garantir uma vaga no Mundial. Os equatorianos, que ocupam o terceiro lugar do grupo com 24 pontos, precisam de uma vitória para carimbar a passagem para o Catar.

A partida, que inicialmente seria realizada com portões fechados, teve a presença de 50% do público após pressão do próprio presidente equatoriano Guilherme Lasso.

Pela 16ª rodada das Eliminatórias, o próximo confronto da seleção Canarinho será diante do Paraguai, na próxima terça-feira (1º), jogando em casa no estádio do Mineirão. Já o Equador irá até o Peru para enfrentar a seleção anfitriã.

Mais Recentes da CNN