Macron e Jill Biden assistem EUA derrotarem França no basquete 3×3 feminino

Presidente da França e primeira-dama dos Estados Unidos estão entre os poucos dignitários que compareceram às Olimpíadas de 2020, no Japão

O presidente da França, Emmanuel Macron, e a primeira-dama dos EUA, Jill Biden, acompanham a competição de Basquete 3x3
O presidente da França, Emmanuel Macron, e a primeira-dama dos EUA, Jill Biden, acompanham a competição de Basquete 3x3 Foto: Jeff Roberson - 24.jul.2021/AP

Reuters

Ouvir notícia

O presidente francês, Emmanuel Macron, e a primeira-dama dos Estados Unidos, Jill Biden, viram suas conterrâneas se enfrentarem na quadra de basquete 3×3 na estreia olímpica do esporte em Tóquio, neste sábado (24), com as norte-americanas obtendo a vitória.

Macron e Biden estão entre os poucos dignitários que compareceram às Olimpíadas de 2020, com o Japão e grande parte do mundo ainda se recuperando da pandemia de Covid-19.

O presidente francês estava sentado na terceira fileira ao lado da quadra, usando gravata, mas sem paletó, em uma noite úmida. Ele e Jill Biden usavam máscaras e, após uma breve saudação, a primeira-dama sentou-se uma fileira atrás, de acordo com as normas de distanciamento social.

Jill Biden ficou de pé e bateu palmas quando o tempo se esgotou, com a equipe dos EUA vencendo por 17 a 10 contra a França, que é a número 1 do ranking mundial.

Stefanie Dolson, que jogou pelo Chicago Sky da WNBA na temporada de 2021, liderou seu time com sete pontos.

No basquete 3×3, disputado em meia quadra com três jogadores de cada lado, uma equipe vence ao atingir 21 pontos ou ter o maior número de cestas ao final do cronômetro de 10 minutos.

As disputas de medalha acontecerão na quarta-feira (28), depois de um torneio classificatório de oito times masculinos e femininos.

Mais Recentes da CNN