Medina não agiu com emoção, agiu com inteligência, avalia Rico de Souza

Surfista e empresário, Rico de Souza disse à CNN que Medina não é iniciante e sabe o que está fazendo

Ingrid OliveiraJuliana AlvesLudmila Candalda CNN

São Paulo

Ouvir notícia

O surfista Gabriel Medina, três vezes campeão mundial, está fora das primeiras etapas da Liga Mundial de Surfe (WSL) – que inicia a temporada neste sábado (29), no Hawaii – para cuidar da saúde mental. O atleta divulgou nas redes sociais, na segunda-feira (24), que tomou a “difícil decisão” de abrir mão do campeonato para dedicar-se à saúde.

À CNN, o surfista e empresário Rico de Souza disse que é realmente uma pressão muito grande em cima do Medina. “São vários aspectos que ele tem que cuidar, preparo físico, saúde emocional, equipamentos, patrocinadores, treinamento, alimentação, tudo tem que andar em conjunto”, disse.

O surfista diz que  Medina não agiu com emoção, agiu com inteligência. “Eu respeito a posição dele, é um atleta maduro, um atleta brilhante, espetacular.”

O brasileiro é o atual campeão mundial surfe, e abrir mão dessa posição não foi fácil. Segundo Rico de Souza, “ele [Medina] tomou a decisão porque ele sabe o que está fazendo, ele não é iniciante”, disse.

De acordo com o empresário, não há a menor dúvida de que Medina vai tirar tempo suficiente para se fortalecer mentalmente.

“Ele vai voltar com treinamento, novas técnicas, novas pranchas, não vai ficar parado aguardando as coisas acontecerem ele vai fazer as coisas acontecerem para sentir forte. Esse é o Medina, esse é o Brasil” aponta.

Rico de Souza ainda avalia que é diferente surfar por hobby e competir com toda pressão.

“Um coisa é fazer só por prazer, viajar pegando onda com os amigos, outra coisa é estar numa rotina de anos e anos competindo viajando pelo mundo. Um dia acordar na Califórnia noutro dia no Brasil”, disse.

Questionado sobre o que pode ter levado Medina a tomar essa decisão, Rico de Souza falou que “a pressão fica cada vez maior porque o Medina está liderando. Ele é o campeão. Todo mundo está atrás dele”, avalia.

“Medina tem a minha admiração, ele sabe o que está fazendo”, finaliza.

Mais Recentes da CNN