Michael Jordan revela as últimas mensagens que trocou com Kobe Bryant

Jordan comandará no próximo sábado (15) a cerimônia do Hall da Fama na qual Bryant será eternizado

Michael Jordan e Kobe Bryant eram amigos desde os tempos de atletas
Michael Jordan e Kobe Bryant eram amigos desde os tempos de atletas Foto: Andrew D. Bernstein/Getty Images

Ben Morse, da CNN

Ouvir notícia

O ex-jogador de basquete e lenda da NBA Michael Jordan compartilhou sua última conversa de texto com o também ex-atleta e ídolo do esporte Kobe Bryant, que morreu em um acidente de helicóptero em janeiro de 2020 nos Estados Unidos. 

Jordan, que comandará no próximo sábado (15) a cerimônia do Hall da Fama na qual Bryant será eternizado, compartilhou as mensagens trocadas com o ídolo do Lakers no dia 8 de dezembro de 2019 – 49 dias antes de sua morte – com a ESPN.

Nas mensagens – que Jordan afirma que não consegue deletar – Bryant elogiou a Cincoro, marca de tequila de Jordan, que foi enviada a Bryant em seu lançamento. “Esta tequila é incrível”, disse Bryant na mensagem de texto. 

Perguntado sobre como estava sendo treinar sua filha Gigi – que também morreu no acidente, aos 13 anos de idade – Bryant falou com Jordan – seu ex-mentor e amigo – sobre um jogo em que estava.

“Ei, treinador, estou sentado no banco agora e estamos eliminando esse time. 45-8”. E isso foi Bryant em poucas palavras, de acordo com Jordan.

Jordan falou emocionado por mais de 11 minutos na cerimônia em memória de Bryant, em Los Angeles, logo após o acidente, descrevendo-o como um irmão mais novo.

“Eu prometo a você, de hoje em diante, viverei com as lembranças de saber que tenho um irmão mais novo que tentei ajudar de todas as maneiras que pude. Por favor, descanse em paz, irmãozinho”, disse Jordan na ocasião.

(Texto traduzido do inglês. Clique aqui para ler o original)

Mais Recentes da CNN