Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Morre aos 94 anos Vin Scully, lendário locutor da liga de beisebol dos EUA

    Radialista foi a voz oficial do Los Angeles Dodgers por mais de seis décadas e é considerado um dos maiores narradores da história dos esportes americanos

    Vin Scully, fala com os fãs antes do jogo dois da World Series de 2017 entre o Houston Astros e o Los Angeles Dodgers
    Vin Scully, fala com os fãs antes do jogo dois da World Series de 2017 entre o Houston Astros e o Los Angeles Dodgers Getty Images

    Sean Federico-O'Murchuda CNN

    Ouvir notícia

    O lendário radialista Vin Scully, a voz do Los Angeles Dodgers, time de beisebol dos Estados Unidos. por mais de seis décadas, morreu aos 94 anos, anunciou a equipe na terça-feira (2). “Perdemos um ícone”, disse Stan Kasten, presidente e CEO dos Dodgers, em comunicado.

    “Vin Scully foi uma das maiores vozes em todos os esportes. Ele era um homem gigante, não apenas como radialista, mas como ser humano”, acrescentou Kasten.

    “Ele amava as pessoas. Ele amava a vida. Ele adorava beisebol e os Dodgers. E amava sua família. Sua voz sempre será ouvida e gravada em todas as nossas mentes para sempre.”

    O amado locutor e radialista Vincent Edward Scully, que nasceu em Nova York em 29 de novembro de 1927, morreu em sua casa em Hidden Hills, no condado de Los Angeles, segundo a equipe. Ele deixa cinco filhos, 21 netos e seis bisnetos.

    Entre suas muitas honras, Scully recebeu a Medalha Presidencial da Liberdade , o Prêmio Ford C. Frick do National Baseball Hall of Fame e uma estrela na Calçada da Fama de Hollywood.

    Formado pela Fordham University, Scully começou sua carreira com os Dodgers em sua localização original no Brooklyn, em Nova York, quando foi recrutado pela emissora de Red Barber para ser o terceiro homem na equipe de transmissão.

    Aos 25, ele se tornou a pessoa mais jovem a transmitir um jogo da World Series, a final da liga de beisebol dos EUA, em 1953 e quando, dois anos depois, Barber saiu para se juntar ao New York Yankees, Scully se tornou a voz oficial dos Dodgers.

    Barber foi uma influência inicial no jovem radialista, que declarou ao ser induzido ao Hall da Fama do Beisebol: “Red era meu professor … e meu pai. Eu não sei – eu poderia ter sido o filho que ele nunca teve. Não foi tanto que ele me ensinou a transmitir. Foi uma atitude. Chegue cedo ao estádio. Faça sua lição de casa. Esteja preparado. Seja preciso.”

    Da cabine de transmissão, Scully se tornou o narrador da história de uma das maiores franquias do beisebol. Ele estava lá quando os “Boys of Summer” venceram sua primeira World Series em 1955 e narrou as entradas finais do jogo perfeito de Don Larsen na World Series de 1956. Foi um dos mais de 20 no-hitters que Scully cobriu em sua carreira, lembrou a equipe.

    Quando a franquia saiu abruptamente do Brooklyn para Los Angeles em 1958, Scully também partiu de sua cidade natal para estender uma carreira que durou 67 anos com o time, o período mais longo de qualquer locutor com um único time.

    Além de cobrir os Dodgers, ele também foi ouvido rem rede nacional como locutor de golfe e futebol, além de beisebol.

    Suas narrações mais famosas foram quando Hank Aaron, do Braves, atingiu seu 715º ​​home run em Atlanta, superando Babe Ruth, e o home run do lesionado Kirk Gibson, na nona entrada do jogo 1 da World Series de 1988. .

    Este conteúdo foi criado originalmente em inglês.

    versão original

    Mais Recentes da CNN