Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    NBA retorna em torneio virtual durante pandemia de coronavírus

    15 estrelas do basquete dos EUA disputarão competição em jogo de videogame com transmissão na TV; vencedor doará US$ 100 mil a instituição de caridade

    O ala Kevin Durant é a principal estrela da NBA a participar de torneio de videogame durante pandemia de coronavírus
    O ala Kevin Durant é a principal estrela da NBA a participar de torneio de videogame durante pandemia de coronavírus Foto: Mike Lawrie - 27.set.2019/ Getty Images

    Adam Renuart, da CNN

    Ouvir notícia

    Um torneio de videogame está oferecendo às estrelas da NBA uma alternativa competitiva ao isolamento social nos Estados Unidos – normalmente, nessa época, eles estariam se preparando para a pós-temporada.

    O torneio, com participação restrita aos profissionais de basquete na vida real, começa nesta sexta-feira (3) e será exibido pela emissora ESPN – uma das que detém os direitos de transmissão da categoria nos EUA.

    Os jogos serão disputados na popular franquia de basquete NBA 2K e serão uma distração necessária para os jogadores, que estão afastados das quadras desde que a NBA suspendeu os jogos em 11 de março por causa da COVID-19, doença causada pelo novo coronavírus.

    O torneio também tem como objetivo ajudar pessoas durante a crise: tanto como entretenimento quanto com os US$ 100 mil (cerca de R$ 525 mil) que o vencedor doará para uma instituição de caridade ligada aos esforços de socorro às vítimas do coronavírus.

    O ex-MVP [Jogador Mais Valioso, título dado ao melhor atleta da temporada] Kevin Durant é o principal nome da competição, e seu feed do Twitter está cheio de mensagens relacionados ao jogo da 2K.

    Assista e leia também:

    Kevin Durant e outros três jogadores dos Nets testam positivo para COVID-19

    NBA suspende temporada após jogador testar positivo para o coronavírus

    O bicampeão da NBA – muitas vezes lembrado pelo discurso de quando recebeu um troféu e chamou a mãe de MVP – é um fã de longa data do jogo. Em 2014 ele afirmou: “Obrigado Deus por minha mãe maravilhosa e pelo 2K”.

    No entanto, Durant pode precisar aprimorar suas habilidades antes do torneio. No mês passado, a estrela do Brookly Nets tuitou: “A defesa de transição em 2K é a coisa mais frustrante da minha vida neste momento”.

    Já Spencer Dinwiddie, do Brooklyn Nets, tem aproveitado a paralisação forçada para assistir a destaques antigos de seus melhores jogos. No Twitter, ele perguntou a colegas de trabalho: “Algum jogador da NBA vai ao YouTube assistir seus próprios destaques, devido a paralisação?”

    Donovan Mitchell, outro participante do torneio e um dos primeiros jogadores diagnosticados com coronavírus, respondeu ao tuíte dizendo que havia começado com os destaques do seu ano de estreia, mas já chegou na atual temporada.

    Por enquanto, Mitchell e outros 15 jogadores terão que se adaptar e se acostumar com a troca da bola real pela versão digital nos videogames. Com as equipes da NBA fechando suas instalações para impedir a propagação do vírus, os jogos da série 2K são a coisa mais próxima da NBA que os jogadores terão.

    Disputa virtual entre atletas da NBA durante pandemia de coronavírus
    Jogadores da NBA se enfrentarão em torneio virtual de basquete; vencedor doará US$ 100 mil para instituição de caridade
    Foto: Reprodução/ NBA

    E Mitchell tem praticado. No início da semana, ele conseguiu uma vitória virtual contra Ronnie Singh, também conhecido como Ronnie 2K, diretor de marketing e um dos rostos mais famosos franquia virtual de basquete.

    O pivô do Portland Trail Blazers, Hassan Whiteside, certamente está procurando uma competição mais dura, já que tem passado parte da quarentena impedindo que seu filho marque pontos em uma mini tabela. Com o torneio virtual se aproximando, ele terá a chance de encarar alguém do seu tamanho – embora na madeira virtual.

    Para muitos, a experiência de controlar em um videogame alguém com sua semelhança é uma situação estranha.

    O ex-campeão do Slam Dunk [competição anual de enterradas da NBA], Zach LaVine, outro destaque do torneio, teve essa percepção durante seu ano de estreia, quando tuitou: “Prestes a jogar [NBA] 2k15. Louco pensar que eu realmente que estou nele”.

    Até os jogos reais serem retomados, porém, os jogadores da NBA serão forçados a viver seu estrelato não na quadra, mas no reino do videogame.

    Mais Recentes da CNN