No judô, Japão conquista seu primeiro ouro nas Olimpíadas de 2020

Naohisa Takato venceu Yang Yung-wei, de Taiwan, na final masculina até 60kg; no feminino até 48kg, Funa Tonaki ficou com a medalha de prata

Reuters

Ouvir notícia

Naohisa Takato venceu a final do judô masculino até 60 kg para dar ao Japão a sua primeira medalha de ouro nas Olimpíadas de 2020, neste sábado (24), derrotando Yang Yung-wei, de Taiwan, na final.

A vitória de Takato ressaltou a força do Japão em um esporte que se originou no país. As medalhas de bronze foram para Yeldos Smetov, do Cazaquistão, e Luka Mkheidze, da França.

A vitória dramática que deixou Takato em lágrimas contrastou com a falta de fãs em uma arena vazia no Nippon Budokan, uma meca das artes marciais japonesas.

A judoca japonesa Funa Tonaki chegou à final na categoria até 48kg, mas perdeu para Distria Krasniqi, de Kosovo.

Tonaki, campeã mundial e fazendo sua estreia olímpica, ganhou uma acirrada semifinal com um ippon, derrubando Daria Bilodid, da Ucrânia, na prorrogação de golden score.

A judoca de 25 anos já havia derrotado Paula Pareto, da Argentina, e Eva Csernoviczki, da Hungria.

Funa Tonaki (E); Distria Krasniqi (C); Bilodid Urantsetseg e Munkhbat
Funa Tonaki (E), medalhista de prata; Distria Krasniqi (C) medalha de ouro; Daria Bilodid Urantsetseg e Munkhbat medalhista de bronze
Foto: Vincent Thian – 24.jul.2021/AP

Takato, tricampeão mundial e medalhista de bronze nos Jogos Rio 2016, teve uma luta apertada nas quartas de final, vencendo na prorrogação por uma punição ao adversário Lukhumi Chkhvimiani, da Geórgia.

Entre os combates no Nippon Budokan, que foi construído para a Olimpíada do Japão em 1964, os trabalhadores de limpeza usavam spray desinfetante sobre os tatames amarelos para minimizar o risco de infecção por coronavírus.

Mais Recentes da CNN