Olimpíadas 2020 dia #6: Skate é de novo a principal aposta de medalha do Brasil

Pamela Rosa, Rayssa Leal e Letícia Bufoni têm as japonesas Aori Nishimura e Momiji Nishiya com principais adversárias na categoria street feminino

Douglas Vieira, colaboração para CNN

Ouvir notícia

 

Promessa brasileira no skate, jovem Rayssa Leal usou a sexta-feira para treinar
Promessa brasileira no skate, a jovem Rayssa Leal usou a sexta-feira para treinar em Tóquio antes de sua estreia
Foto: Markus Schreiber/AP

 O dia olímpico da delegação brasileira começa com o skate sendo novamente a principal aposta de medalha, agora no street feminino.

As três brasileiras que estão na disputa chegaram ao Japão entre as favoritas ao pódio: Pamela Rosa é a atual campeã mundial e primeira colocada no ranking; Rayssa Leal, de apenas 13 anos, tem um vice-campeonato mundial e um título brasileiro como credenciais; e Letícia Bufoni, a mais experiente, é a terceira mulher com mais medalhas nos X-Games – a última delas foi conquistada dias antes de embarcar para as Olimpíadas.

Dá para sonhar com o Brasil em mais de um lugar no pódio, mas nada que seja fácil. Entre as grandes adversárias do trio estarão as donas da casa Aori Nishimura e Momiji Nishiya. Em 2019, em prova realizada no Rio de Janeiro, Aori sagrou-se campeã mundial, deixando Letícia Bufoni em segundo. Hoje (25), o encontro é no Japão, a partir das 21h.

Deu onda

O Brasil volta ao mar para as oitavas de final no surfe, tanto no feminino quanto no masculino. A primeira a cair na água será Silvana Lima, hoje (25), às 22h, seguida de Tatiana Weston-Webb, que disputa a bateria seguinte.

No masculino, a disputa começa já na madrugada: Gabriel Medina entra no mar na madrugada de segunda (26), à 1h36, e ítalo Ferreira tenta sua vaga na bateria seguinte. 

As surfistas Tatiana Weston-Webb e Silvana Lima, no feminino, garantiram vaga pa
As surfistas Tatiana Weston-Webb e Silvana Lima, no feminino, garantiram vaga para competir contra países tradicionais no esporte: os EUA, a Austrália e a África do Sul
Foto: Cameron Spencer / Equipe

Sempre um clássico

A seleção brasileira de vôlei masculino volta à quadra amanhã (26), 9h45, para enfrentar a Argentina. Se é difícil escapar da rivalidade entre os dois países em qualquer esporte que seja, também é bem difícil, pelo retrospecto dos últimos anos, acreditar em uma derrota do Brasil. Mas o time liderado pelo levantador Bruno Rezende, que tenta chegar a sua quarta final olímpica, precisa confirmar o favoritismo na quadra.

A estrela da natação dos EUA

Três recordes mundiais e cinco ouros olímpicos entram na piscina nas costas de Katie Ledecky, principal nome da natação norte-americana no Japão. Por volta das 23h20 (de Brasília), ela disputará a final dos 400 m livre — uma das provas, inclusive, em que vai defender o título olímpico conquistado no Rio de Janeiro, onde também bateu o recorde mundial (3min56s46) que vigora até hoje.

Será a primeira final de Ledecky em Tóquio. Entre as adversárias, destaque para a canadense Summer McIntosh, de apenas 14 anos, que avançou para a final com o quinto melhor tempo.

Katie Ledecky (EUA) sorri depois da bateria de classificação dos 400m livre
Katie Ledecky (EUA) sorri depois da bateria de classificação dos 400m livre
Foto: Martin Meissner – 25.jul.2021/AP

Aqui tem Brasil

18h30 – Triatlo masculino (Manoel Messias)

19h – Surfe feminino (oitavas de final)

21h – Handebol masculino: Brasil x França

21h – Skate street feminino: Classificatórias (Pamela Rosa, Leticia Bufoni e Rayssa Leal) 

21h25 – Esgrima florete masculino (Guilherme Toldo)

22h – Surfe: Silvana Lima

22h15 – Tae kwon do: Icaro Miguel

22h36 – Surfe: Tatiana Weston-Webb

23h – Vôlei de praia: Ana Patricia e Rebeca

23h – Tae kwon do: Milena Titoneli

23h14 – Judô: Eduardo Katsuhiro

0h05 – Vela: Laser: Robert Scheidt

0h05 – Vela: RS:X Feminino: Patrícia Freitas

0h40 – Badminton: Fabiana Silva

1h36 – Surfe: Gabriel Medina

2h – Badminton: Ygor Coelho

2h12 – Surfe: Italo Ferreira

3h – Ciclismo mountain bike: Cross-country masculino (Henrique Avancini e Luiz Henrique Cocuzzi)

7h29 – Natação: 200m borboleta masculino (Leonardo de Deus)

7h39 – Boxe: Jucielen Romeu

8h32 – Natação: 1500m feminino (Beatriz Dizotti e Viviane Jungblut)

9h45 – Vôlei masculino: Brasil x Argentina

Aqui tem medalha

18h30 – Triatlo masculino (Manoel Messias)

22h30 – Natação: 100m borboleta feminino

23h12 – Natação: 100m peito masculino

23h20 – Natação: 400m livre feminino

0h05 – Natação: 4 x 100m livre masculino

0h25 – Skate street feminino

2h50 – Tiro esportivo: Skeet feminino

2h50 – Tiro esportivo: Skeet masculino

3h – Saltos ornamentais: Trampolim 3m sincronizado feminino

3h – Ciclismo mountain bike: Cross-country masculino (Henrique Avancini e Luiz Henrique Cocuzzi)

3h45 – Canoagem slalom masculino

4h40 – Tiro com arco por equipes feminino

5h – Judô: Início da sessão com as finais 57kg feminino e 73kg masculino

7h – Ginástica: Equipes masculino

7h50 – Levantamento de peso: Até 55kg feminino

8h45 – Esgrima Sabre feminino

9h10 –  Esgrima Foil masculino

9h30 – Tae kwon do: Até 57kg feminino

9h45 – Tae kwon do: Até 68kg masculino

Mais Recentes da CNN