Olimpíadas: Djokovic perde na semifinal e dá adeus ao sonho do ‘Golden Slam’

Tenista sérvio venceu primeiro set, mas levou virada do alemão Alexander Zverev e acabou fora da disputa pela inédita medalha de ouro em Tóquio

Djokovic se irrita ao errar lance contra o alemão Alexander Zverev em semifinal olímpica
Djokovic se irrita ao errar lance contra o alemão Alexander Zverev em semifinal olímpica Foto: Patrick Semansky - 30.jul.2021/AP

Da CNN

Ouvir notícia

Novak Djokovic, atual líder do ranking mundial de tenistas e vencedor de 20 torneios Grand Slam, perdeu nesta sexta-feira (30) na semifinal do torneio masculino das Olimpíadas de 2020 para o alemão Alexander Zverev, parciais de  6-1, 3-6, 1-6.

O resultado encerra o sonho do sérvio para alcançar o chamado “Golden Slam”, que é quando um tenista vence o Aberto da Austrália, Roland Garros, Wimbledon, o Aberto dos EUA e as Olimpíadas no mesmo ano.

Em 2021, Djokovic ganhou as competições na Austrália, na França e no Reino Unido e esperava se aproximar do feito histórico com o título em Tóquio – o aberto dos EUA está agendado para começar em 30 de agosto.

A tenista Steffi Graf é a única atleta, entre homens e mulheres, a alcançar esse feito até hoje. Em 1988, além de vencer os quatro torneios Grand Slam, ela também conquistou a medalha de ouro nos Jogos de Seul ao derrotar a argentina Gabriela Sabatini.

Djokovic, que já conquistou quatro medalhas olímpicas, nunca ganhou uma medalha de ouro nos Jogos. 

Na disputa pelo bronze, o sérvio jogará contra o espanhol Pablo Carreño Busta, no sábado (31), às 3h (horário de Brasília)

Mais Recentes da CNN