Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Olimpíadas: Italiano Jacobs é primeiro campeão olímpico dos 100m após era Bolt

    Velocista surpreende, completa disputa em 9s80 e se torna primeiro corredor da Itália a conquistar ouro na prova; atletas de EUA e Canadá completam o pódio

    Italiano Marcell Jacobs venceu 100m rasos nas Olimpíadas de 2020
    Italiano Marcell Jacobs venceu 100m rasos nas Olimpíadas de 2020 Foto: Cameron Spencer/Getty Images

    Murillo Ferrari, da CNN, em São Paulo

    Ouvir notícia

    O italiano Lamont Marcell Jacobs venceu neste domingo (1º) a final dos 100m rasos entre os homens nas Olimpíadas de 2020 e se tornou o homem mais rápido do mundo após o fim da era de Usain Bolt – o jamaicano conquistou três títulos consecutivos nos Jogos a partir de Pequim, em 2008, até sua aposentadoria em 2017.

    Jacobs completou a prova em 9s80 – novo recorde europeu da prova – e não superou os recordes mundial (9s58) e olímpico (9s63) conquistados por Bolt em 2009 e 2012, respectivamente. O norte-americano Fred Kerley, com a marca de 9s84 – a melhor de sua carreira –, e o canadense Andre de Grasse, com 9s89 (também o melhor tempo da carreira), completaram o pódio da prova.

    Disputa mais rápida dos Jogos Olímpicos, a prova dos 100m rasos precisou de duas largadas neste domingo, já que o britânico Zharnel Hughes se antecipou, queimou a primeira saída e foi eliminado da corrida.

    Na segunda tentativa, Jacobs fez uma saída sólida e, faltando cerca de 40 metros para o fim da prova, já liderava com tranquilidade enquanto Kerley e De Grasse ainda brigavam pela prata.

    “É meu sonho desde criança”, disse Jacobs, que nasceu nos Estados Unidos, mas se mudou para a Europa com a mãe italiana quando tinha um mês de idade.

    “Preciso de uma semana ou mais para entender o que aconteceu. Ver [seu compatriota] Gimbo [Tamberi] ganhar o ouro do salto em altura (10 minutos antes) me deixou muito animado (…) Ganhei um ouro olímpico depois de Usain Bolt, é inacreditável”, acrescentou ele.

    Linha de chegada dos 100m rasos masculino, prova mais rápida das Olimpíadas
    Linha de chegada dos 100m rasos masculino, prova mais rápida das Olimpíadas de 2020
    Foto: Francisco Seco – 1.ago.2021/AP

    Completaram a prova, na sequência, o sul-africano Akani Simbine, com tempo de 9s93 e o também norte-americano Ronnie Baker, com 9s95.

    O chinês Su Bingtian, que registrou o melhor tempo das três semifinais dos 100m rasos, acabou na sexta e última posição da prova, com o tempo de 9s98 – o nigeriano Enoch Adegoka sentiu uma lesão muscular e não completou a corrida.

    O resultado de Jacobs coroou uma noite de conquistas para a Itália no atletismo, que minutos antes havia conquistado a medalha de ouro no salto em altura com Gianmarco Tamberi, que fez a mesma marca do catari Mutaz Essa Barshim – 2,37m – e dividiu a primeira posição da prova.

    (Com informações da Reuters)

    Mais Recentes da CNN