Olimpíadas: ‘Não esperava ganhar medalha, só competi por mim mesma’, diz Biles

Ginasta dos EUA, que ficou com o bronze na final da trave, afirma que disputou prova 'por ela mesma' e que valorizará conquista por muito tempo

Simone Biles disse que não esperava conquistar medalha na trave e que vai valorizar bronze
Simone Biles disse que não esperava conquistar medalha na trave e que vai valorizar bronze Foto: Jae C. Hong - 3.ago.2021/AP

Da CNN

Ouvir notícia

Detentora de sete medalhas olímpicas, a ginasta norte-americana Simone Biles, que competiu nesta terça-feira (3) na final da trave nas Olimpíadas 2020, afirmou que não esperava conquistar uma medalha na prova.

“Foi uma semana muito longa, cinco anos muito longos. Não esperava [conquistar] uma medalha hoje. Apenas fui lá e fiz isso [disputei a final] por mim. Foi isso que eu fiz”, disse Biles, depois de conquistar o bronze na prova – que teve duas atletas da China nas primeiras posições.

A superestrela da ginástica dos EUA, que tem apenas 24 anos, esteve nos holofotes do mundo na última semana por se retirar de finais dos Jogos citando preocupações com sua saúde mental.

Primeiro, ela saiu da final por equipes após se apresentar no salto. Depois, em decisões seguidas, saiu também da final individual geral, das barras assimétricas, do salto e também do solo.

Biles caiu no choro quando falou com a imprensa sobre a decisão de não competir nesses eventos.

“Quando vocês se encontra em uma situação altamente estressante, você meio que surta”, disse ela. “Tenho que focar na minha saúde mental e não colocar em risco minha saúde e meu bem-estar”, disse ela, na ocasião.

Simone Biles se emociona após concluir apresentação na final da trave
Simone Biles se emociona após concluir apresentação na final da trave
Foto: Natacha Pisarenko – 3.ago.2021/AP

Depois de ganhar o bronze em sua última oportunidade de competir nos Jogos Olímpicos de Tóquio, Biles disse que a medalha parecia mais especial do que seu bronze na trave dos Jogos Rio, em 2016. 

“Vou valorizar isso por muito tempo”, disse ela.

(Texto traduzido; leia o original em inglês)

Mais Recentes da CNN