Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Piloto Zhou Guanyu disse que dispositivo Halo o salvou durante acidente da Fórmula 1

    GP de domingo (3) ficou marcado por uma forte batida envolvendo cinco carros

    Acidente no GP da Grã-Bretanha de domingo, 3 de julho
    Acidente no GP da Grã-Bretanha de domingo, 3 de julho Mario Renzi - Fórmula 1 via Getty Images

    Matias Grezda CNN

    Ouvir notícia

    O piloto de Fórmula 1 Zhou Guanyu disse que o dispositivo de proteção de Halo de seu carro salvou sua vida depois que ele se envolveu em um acidente grave, em alta velocidade, durante a primeira volta do GP da Grã-Bretanha de domingo (3).

    Zhou foi um dos vários pilotos envolvidos no acidente da curva um, que resultou em Alfa Romeo capotando e derrapando pela pista e no cascalho, antes de colidir com a cerca.

    O Halo, que é feito de titânio, forma um escudo ao redor da cabine e foi introduzido em 2018. Embora inicialmente tenha recebido algumas críticas dos motoristas, vários pilotos o creditaram por prevenir ferimentos graves.

    “Estou bem, tudo certo”, Zhou twittou mais tarde no domingo, junto com uma selfie. “Halo me salvou hoje. Obrigado a todos por suas mensagens gentis!”

    O carro de Zhou acabou preso entre a barreira de pneus e a cerca de proteção, que existe para proteger os torcedores. A difícil localização do carro resultou em uma demora para tirá-lo.

    George Russell, da Mercedes, que fez contato com Zhou durante a colisão, imediatamente saiu de seu carro assim que parou e correu para ver o outro motorista.

    O novato, que é o primeiro piloto chinês na F1, foi finalmente fotografado sendo carregado em uma maca pela equipe médica de emergência e liberado depois de ser avaliado no centro médico.

    O piloto da Williams, Alex Albon, também se envolveu no acidente e foi levado para um hospital local para exames. Ele foi liberado mais tarde, sua equipe confirmou no Twitter.

    A corrida foi com bandeira vermelha e suspensa até que o carro de Zhou fosse retirado. Quando os carros voltaram para os boxes, membros de um grupo ambientalista entraram na pista e se sentaram para protestar, embora a corrida felizmente tenha sido interrompida.

    Assim que a competição recomeçou, Carlos Sainz, da Ferrari, garantiu sua primeira vitória na F1, enquanto Sergio Perez, do México, da Red Bull, ficou em segundo e o favorito Lewis Hamilton em terceiro.

    Este conteúdo foi criado originalmente em espanhol.

    versão original

    Mais Recentes da CNN