Prefeitura de São Paulo recebe protocolo para retomada do futebol

Os treinos em CTs (Centros de Treinamento) poderão ser realizados pelos times paulistas a partir de 15 de junho

 
  Foto: Matthew Childs/Reuters (28.mai.2020)

Iara Oliveira

Da CNN, em São Paulo

Ouvir notícia

Em reunião realizada nesta quinta-feira (11) em São Paulo, foi entregue à Prefeitura da capital o protocolo que delimita as diretrizes para a retomada do futebol no estado. 

O documento foi feito no começo da semana mediante reunião por videoconferência entre a Federação Paulista de Futebol (FPF) e os times do estado, e ficou acordado que os treinos em CTs (Centros de Treinamento) poderão ser realizados pelos times paulistas a partir de 15 de junho e que precisariam então, do aval das autoridades de saúde. 

No entendimento dos clubes que disputam a Série A1 do Campeonato Paulista e da federação, existe condição favorável à volta das atividades presenciais de maneira gradual.

No encontro desta manhã, estavam presentes o prefeito Bruno Covas, o presidente da Federação Paulista de Futebol, Reinaldo Carneiro Bastos, e presidentes de clubes como Corinthians e São Paulo.

Além da capital, as negociações acerca das liberações seguem com os 13 clubes e prefeituras de cidades do interior paulista.
 
Em comunicado, a federação informou que o Red Bull Bragantino, único clube que havia obtido autorização para atividades, paralisará os trabalhos e retornará em conjunto com as demais equipes.

CBF

Ainda hoje acontecerá uma reunião do Sindibol (Sindicato das Associações de Futebol de São Paulo) com o Sindicato dos Atletas Profissionais de São Paulo, o Sindicato dos Treinadores Profissionais de Futebol do Estado de São Paulo, o Sindicato dos Árbitros de Futebol de São Paulo, o Ministério Público do Trabalho, Ministério Público do Estado de São Paulo, o Governo do Estado de São Paulo, a FPF e os 16 clubes. O intuito é criar uma mediação pré-judicial para que a retomada gradual aos trabalhos seja segura tanto nos Aspectos de saúde como jurídicos.
  

 
No começo da semana, a CBF (Confederação Brasileira de Futebol) divulgou um plano de diretrizes a serem adotadas pelos clubes para retomarem as atividades esportivas com segurança.

O documento prevê 5 etapas: preliminar, treinamentos individuais ou em pequenos grupos, treinamentos coletivos, competições e acompanhamento.  O documento ressalta que uma possível volta contará com jogos sem público, a circulação nos estádios de forma restrita e o trabalho da imprensa de forma limitada.
 
Em território brasileiro, o futebol está paralisado desde março e segue sem data prevista para a volta.

Mais Recentes da CNN