Premiê japonês: “Olimpíada completa provará que mundo pode vencer coronavírus”

Pesquisa indica que 70% dos japoneses não acreditam que os Jogos ocorrerão nas datas previstas originalmente

Premiê japonês Shinzo Abe em conferência com liderenças do G7
Premiê japonês Shinzo Abe em conferência com liderenças do G7 Foto: Kyodo/ Via Reuters (17.mar.2020)

Da CNN Brasil, em São Paulo

Ouvir notícia

Após reunião com líderes do G7 — o grupo das economias mais industrializadas do mundo —, nesta terça-feira (17), o primeiro-ministro japonês Shinzo Abe se disse confiante em realizar os Jogos Olímpicos de Tóquio em sua “forma completa”. Segundo ele, isso seria uma mostra de que “o mundo derrotou o coronavírus”.

Em teleconferência com repórteres de todo o mundo, Abe afirmou ter “garantido o apoio” dos outros países do bloco para a organzação do evento esportivo. Apessar de pressão para adiar a Olimpíada com o aumento de casos de COVID-19, o governo japonês mantém que todos os preparativos seguirão o cronograma original. 

“Estamos fazendo todo o possível para nos preparar (para os Jogos). Queremos um evento completo como prova de que a humanidade pode derrotar o novo coronavírus”, declarou o premiê japon~es à imprensa.

A agência de notícias japonesa Kyodo News divulgou, nesta segunda (16), pesquisa indicando que 70% dos japoneses não acreditam que os Jogos ocorrerão nas datas previstas inicialmente.

A Olimpíada originalmente está marcada para o período de 24 de julho a 9 de agosto. Na sequência, está programada a Paralimpíada, de 25 de agosto a 6 de setembro.

Mais Recentes da CNN