Público em estádios na Eurocopa leva a aumento de casos de Covid-19, diz OMS

Período de 10 semanas de queda nas novas infecções chegou ao fim e nova onda é inevitável se pessoas baixarem a guarda, disse organização

Torcedores em Wembley durante partida entre Inglaterra e Escócia pela Eurocopa
Torcedores em Wembley durante partida entre Inglaterra e Escócia pela Eurocopa Foto: Frank Augstein/Pool via Reuters (18.jun.2021)

Reuters

Ouvir notícia

A presença de público nos estádios de futebol durante a Eurocopa, nos pubs e bares das cidades-sede dos jogos está impulsionando o atual aumento nas infecções por coronavírus na Europa, disse a Organização Mundial de Saúde (OMS) nesta quinta-feira (1º).

Um período de 10 semanas de queda nas novas infecções por coronavírus em toda a região chegou ao fim e uma nova onda de infecções é inevitável caso torcedores e demais pessoas baixem a guarda, segundo a OMS.

Na semana passada, o número de novos casos aumentou 10%, impulsionado pelas multidões nas cidades-sede da Eurocopa, viagens e pela flexibilização das restrições em combate à Covid, afirmou a organização.

“Temos que olhar para muito além dos próprios estádios”, disse Catherine Smallwood, autoridade responsável pelas situações de urgência da OMS, a jornalistas.

“Precisamos ver como as pessoas chegam lá, será que viajam em grandes trens e ônibus lotados? E quando saem dos estádios, vão a bares e pubs cheios de gente para assistir aos jogos?”

“São esses pequenos eventos recorrentes que estão impulsionando a propagação do vírus”, disse Smallwood.

O ministro de Interior da Alemanha, Horst Seehofer, chamou de “totalmente irresponsável” a decisão da Uefa, entidade reguladora do futebol europeu, de permitir grandes públicos durante a Eurocopa.

Mais Recentes da CNN