‘Renovada e preparada’, diz Naomi Osaka após primeira vitória nas Olimpíadas

Fora das quadras desde maio, quando se retirou de Roland Garros, tnista japonesa conquistou vitória esmagadora – 6-1 e 6-4 – sobre a chinesa Zheng Saisai

Naomi Osaka se disse revigorada após vitória na primeira rodada das Olimpíadas
Naomi Osaka se disse revigorada após vitória na primeira rodada das Olimpíadas Foto: Seth Wenig - 25.jul.2021/AP

Reuters

Ouvir notícia

A tenista japonesa Naomi Osaka disse que se sentiu revigorada e pronta para jogar, após uma vitória esmagadora de 6-1 e 6-4, neste domingo (25), sobre a chinesa Zheng Saisai na rodada de abertura das Olimpíadas de 2020, sua primeira vitória desde que se afastou das quadras há dois meses por motivos de saúde mental.

A japonesa, quatro vezes campeã de torneios do Grand Slam, não disputava uma partida oficial desde Roland Garros, em maio, quando se retirou do torneio após ser ameaçada de desclassificação por se recusar a participar das entrevistas coletivas obrigatórias após as partidas. Ele também se retirou de Wimbledon.

Osaka disse que estava grata por ter se ausentado das quadras antes dos Jogos de Tóquio, onde foi escolhida para acender a pira olímpica na cerimônia de abertura na noite de sexta-feira (23).

“Mais do que tudo, estou focada em jogar tênis”, disse ela em sua primeira aparição na mídia em mais de dois meses.

“Jogar a Olimpíada é meu sonho desde criança, então acho que a pausa que fiz foi muito necessária. Definitivamente me sinto renovado e feliz novamente.”

Osaka mostrou grande forma contra Zheng, 52ª do ranking, e venceu o primeiro set em apenas 32 minutos. No segundo set, a tenista de 23 anos conseguiu outra quebra rápida, mas desperdiçou dois match points no saque da chinesa em 5-3, antes de fechar o jogo.

Também neste domingo, a australiana Ash Barty, número um do mundo, caiu na primeira rodada contra a espanhola Sara Sorribes Tormo por 6-4 e 6-3.

Barty esperava se juntar a Steffi Graf (1988) e Venus (2000) e Serena (2012) Williams como as únicas mulheres a ganharem em Wimbledon e o ouro olímpico em simples no mesmo ano.

Mais Recentes da CNN