Saiba o que esperar da luta entre Mike Tyson e Roy Jones Jr. neste sábado

Mike Tyson, aos 54 anos, sai da aposentadoria neste sábado para enfrentar Roy Jones Jr., de 51, em luta de exibição em Los Angeles. Veja o que esperar

Cartaz da luta entre Mike Tyson e Roy Jones Jr.
Cartaz da luta entre Mike Tyson e Roy Jones Jr. Foto: Instagram/ Reprodução

Por Don Riddell, CNN

Ouvir notícia

Aos 54 anos, Mike Tyson volta aos ringues na noite deste sábado (28). O combate entre Tyson e  Roy Jones Jr., de 51, será o principal principal de um evento em Los Angeles com outras seis lutas.

Quando Mike Tyson estava no auge, foi descrito como “o homem mais malvado do planeta”. Um campeão de boxe peso-pesado que derrotou seus oponentes até a finalização tão rapidamente que muitos deles nem chegaram a experimentar sentar no banco do canto, já que saíam do ringue em menos de três minutos.

Leia também:
Mike Tyson amplia sua fortuna vendendo maconha e quer construir paraíso da erva

Mike Tyson come orelha de bolo com formato da cabeça de Roy Jones Jr.

Por que Mike Tyson vai votar pela primeira vez em 2020

Ele era feroz e suas surras podiam ser violentas; Os punhos de Tyson se moviam tão rápido que ganhou o apelido de “Iron Mike” (“Mike de Ferro”), amedrontando seus oponentes muito antes de eles pisarem nas cordas.

O incrível é que, mesmo agora, 15 anos após sua última luta como profissional, o americano de 54 anos mantém uma reputação formidável.

Um homem que frequentemente causava polêmica dentro e fora do ringue, o ex-campeão mundial dos pesos pesados poderia ser descrito como muitas coisas, mas parece bastante incomum chamá-lo de “um parceiro de dança”, que é como o chamou Roy Jones Jr. compatriota antes de sua luta de exibição em Los Angeles no sábado.

“Estou feliz, posso ver como é estar no ringue com Mike Tyson antes de morrer”, disse Jones à CNN

Para Jones, de 51 anos, essa é quase uma história de amor não correspondido, um encontro – enfim – com o lutador que fugiu.

Enquanto Tyson dominava sua divisão para se tornar um dos maiores pesos pesados de todos os tempos, Jones cimentou seu legado passando por outras categorias, tornando-se campeão mundial em quatro pesos diferentes.

Jones disse que quando foi campeão dos pesos pesadosm em 2003, o único homem com quem ele queria lutar era Tyson, mas as estrelas nunca se alinharam. Perto da aposentadoria, Tyson não estava mais interessado em lutar muito e Jones voltou para a divisão dos meio-pesados e continuou no boxe até 2018.

Questionado sobre como se sentia ao sair da aposentadoria aos 50 anos, Jones disse: “Em uma escala de um a 10? Cerca de cinco. Mas por causa de Mike Tyson, tenho cerca de 15!”

‘Estou de volta’

Poucos boxeadores criaram tanto entusiasmo no boxe quanto Tyson e poucos ganharam tanto respeito quanto Jones.

Ambos devem ter pensado que suas lutas tinhamficado para trás, mas tudo mudou nos primeiros dias da pandemia do novo coronavírus quando Tyson postou um vídeo dele treinando com intensidade rápida nas redes sociais, declarando “Estou de volta”.

A especulação girou sobre um retorno e por dois meses parecia que ele reacenderia sua rivalidade com Evander Holyfield, o conquistador de Tyson em 1996 e 1997 e o primeiro boxeador desde Muhammad Ali a ganhar um título mundial dos pesos pesados três vezes.

Mas, no final de julho, Tyson anunciou, em vez disso, que lutaria contra Jones.

“Você recebe uma ligação do grande Mike Tyson – é muito difícil [dizer não]”, disse Jones.

Tyson está ditando os termos da luta; primeiro o negócio era usar luvas de 16 onças com capacete, depois luvas de 12 onças sem qualquer proteção – e quanto mais leve a luva, mais forte o soco.

É uma luta de exibição de oito rounds, embora as regras tenham sido ajustadas para que possa terminar com um nocaute, o que a equipe de Jones sabe ser a intenção de Tyson. Felizmente, dizem eles, seu homem está preparado.

Jones disse que precisará evitar a enxurrada de golpes iniciais e permanecer na disputa, então ele espera que a maré mude a seu favor.

“Você tem uma chita de um lado, que pode correr 60 milhas por hora, mas apenas por 30 segundos. E por outro lado, você tem um cachorro selvagem, com mandíbulas fortes, que pode correr o dia todo”, explicou. .
“Estou correndo um grande risco indo para lá sem equipamento para a cabeça e luvas de 12 onças. Todos os dias, ele é um assassino. O árbitro ou a comissão podem dizer o que quiserem, mas você não pode dizer a Mike” faça isso.’ Você pode dizer a ele, mas ele não vai ouvir. “

A passagem do tempo não mudou nada em relação ao estilo de Tyson, Jones disse: “Isso é tudo que ele sabia. Então, como você pode esperar conseguir outra coisa? Os cães não miam. Eles latem.”

Tyson perdeu 45 kg com dieta vegana

Os rounds serão 60 segundos mais curtos que o normal – dois minutos, em vez de três, e isso foi sancionado pela Comissão Atlética do Estado da Califórnia.

Os lutadores foram rigorosamente testados. No dia desta entrevista, Jones disse que tinha se submetido a um exame de sangue, explicando: “tenho que fazer uma varredura do cérebro, fazer uma varredura do coração, fazer um teste de cardio. Tenho que fazer um monte de coisas porque são preocupados com a nossa saúde. Eles querem ter certeza de que estamos em forma antes de entrarmos. “

Tyson disse que perdeu 45 quilos para ficar em forma, dizendo ao programa “Good Morning America”, da ABC que ele está em uma dieta vegana – e ele está tirando sua camisa com alegria em aparições na televisão para mostrar seu físico.

E as roupas não são a única coisa que Tyson aparentemente pode dispensar. Ele disse ao apresentador de talk show Jimmy Kimmel que planeja doar toda a sua bolsa para instituições de caridade, dizendo: “Eu quero morrer com uma boa consciência. Estou aqui para tornar este [mundo] um lugar melhor.”

Jones disse que doará dinheiro para instituições de caridade que lutam contra o tráfico humano e o câncer de mama.

 

Mais Recentes da CNN