São Paulo e Corinthians oferecem estádios para a vacinação contra Covid-19

Vacinação no estado de São Paulo está prevista para começar daqui a duas semanas

Corinthians disponibilizou as dependências do Neo Química Arena para vacinação
Corinthians disponibilizou as dependências do Neo Química Arena para vacinação Foto: Agência Brasil/Amanda Perobelli<br><br>

Ludmila Candal, da CNN,em São Paulo

Ouvir notícia

Os clubes São Paulo e Corinthians anunciaram nesta sexta-feira (8) que vão disponibilizar as dependências de seus clubes para a vacinação contra a Covid-19 em São Paulo. Por meio das redes sociais, o novo presidente do Corinthians, Duílio Alves, afirmou que “colocará a Neo Química Arena à disposição dos órgãos de saúde para que seja um ponto de imunização em massa da Zona Leste de SP”. 

Em vídeo, ele diz que espera ter a torcida na Arena Corinthians “o mais breve possível, com muita saúde e união”.

Leia e assista também:
Brandãozinho, último jogador do título de 1951 do Palmeiras, morre aos 90 anos
Stephen Curry bate recorde na carreira com 62 pontos em vitória dos Warriors

Em carta enviada ao governador João Doria, o presidente do São Paulo FC, Julio Casares, colocou toda a infraestrutura do clube à disposição do Comitê de Saúde do Estado de São Paulo. “Manifestamos nosso posicionamento em disponibilizar toda a infraestrutura do São Paulo Futebol Clube para aquilo que for necessário, inclusive o Estádio Cícero Pompeu de Toledo, para local de vacinação da CoronaVac”, diz o documento.

Procurados pela CNN Brasil, os clubes Palmeiras e Santos ainda não se manifestaram se também disponibilizarão suas dependências para a vacinação contra a Covid-19.

Mais Recentes da CNN