Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Tempestade derivada do furacão Ida prejudica cronograma do Aberto dos EUA

    Diversas partes da praça do Centro Nacional de Tênis Billie Jean King ficaram inundadas

    O Serviço Nacional do Clima emitiu um alerta de emergência de inundação para a região
    O Serviço Nacional do Clima emitiu um alerta de emergência de inundação para a região AP

    Por Amy Tennery, da Reuters

    Ouvir notícia

    O clima severo provocou o adiamento de várias partidas do Aberto dos Estados Unidos na quarta-feira (31). A disputa entre os tenistas Diego Schwartzman e Kevin Anderson foi suspensa após um “set” e transferida de quadra após uma tempestade derivada do furacão Ida atingiam a cidade de Nova York, onde os jogos são realizados.

    Schwartzman e Anderson tiveram que sair do estádio Louis Armstrong e retomar a partida no estádio Arthur Ashe após o confronto entre Stefanos Tsitsipas e Adrian Mannarino.

    A partida de segunda rodada entre a ex-campeã Angelique Kerber e Anhelina Kalinina, marcada originalmente para começar depois de Schwartzman contra Anderson, foi adiada para esta quinta-feira (2).

    O Serviço Nacional do Clima emitiu um alerta de emergência de inundação para a região e diversas partes da praça do Centro Nacional de Tênis Billie Jean King ficaram inundadas.

     

    Estado de emergência em Nova York

    O prefeito de Nova York, Bill de Blasio, declarou um estado de emergência devido ao “evento climático histórico”, cujas chuvas quebraram recordes e causaram inundações e condições perigosas nas ruas.

    Quase todas as linhas do metrô nova-iorquino foram suspensas, assim como o serviço ferroviário de Long Island (LIRR) entre Flushing, Queens e Manhattan.

    Um porta-voz da Associação de Tênis dos EUA disse que as autoridades do torneio estão em “comunicação muito próxima” com a polícia e autoridades de transporte da cidade no que diz respeito às avenidas, trens e linhas de metrô ligando o local da competição a Midtown Manhattan.

    Veja imagens dos estrados causados pelo furacão Ida:

     

     

    Mais Recentes da CNN