Tóquio aguarda tempestade que deve afetar programação olímpica e mudar clima

Os padrões climáticos do verão quente, úmido e instável do Japão têm sido uma preocupação persistente desde antes dos jogos

Logo olímpico em Tóquio-2020
Logo olímpico em Tóquio-2020 Foto: Matt Slocum / AP

Reuters

Ouvir notícia

A cidade de Tóquio, que recebe a Olimpíada, está se preparando para enfrentar uma tempestade que já começa a atrapalhar a programação das competições nesta semana, embora os surfistas estejam esperando que a mudança de tempo seja favorável.

Os padrões climáticos do verão quente, úmido e instável do Japão têm sido uma preocupação persistente desde antes dos Jogos, que já estão sendo realizados sob estado de emergência da Covid-19 um ano depois de a pandemia ter adiado o grande evento do calendário esportivo.

Até agora, a tempestade tropical Nepartak não parece trazer ameaça de devastação para a capital do país. Na verdade, prevê-se que ela irá enfraquecer no momento em que alcançar Tóquio por volta de terça-feira (27).

Mas chuva e vento devem chegar após o calor intenso, que já causou o colapso de um arqueiro olímpico e fez os skatistas reclamarem de condições insuportáveis ??às 9h da manhã.

O calor sufocante de Tóquio em julho, quando altas temperaturas em torno de 35 Cº combinam com umidade semelhante à de uma sauna, levou os organizadores a moverem a maratona para o norte, em Hokkaido.

A tempestade que se dirige para a costa leste do Japão pode aumentar os níveis de esgoto na baía de Tóquio nos esportes aquáticos — caso as fortes chuvas sobrecarreguem o sistema de drenagem centenário da cidade Tóquio. Níveis perigosos da bactéria E.coli forçaram o cancelamento, há dois anos, de um triatlo paralímpico nas águas da baía.

A programação do remo na próxima terça-feira foi suspensa, com regatas remarcadas para o final da semana. Os eventos de remo da segunda-feira (26) já haviam sido transferidos para o domingo (25), se antecipando à chegada da tempestade.

Mais Recentes da CNN