Torcedores reclamam de organização para retirar ingressos de Flamengo x Athletico

Em um dos pontos de troca, torcedores sem máscaras ficaram aglomerados na fila

Bruna Carvalhoda CNN

no Rio de Janeiro

Ouvir notícia

A pouco mais de uma hora do início do jogo entre Flamengo e Athletico Paranaense, válido pela 23ª rodada do Campeonato Brasileiro, cerca de 200 torcedores ainda não tinham conseguido retirar os ingressos para a partida.

O jogo será no Maracanã e, segundo a prefeitura, mesmo não sendo evento-teste, todos precisam apresentar comprovante de vacinação. No entanto, não havia exigência de apresentação de teste PCR negativo na entrada.

No último posto de troca ainda aberto neste sábado (3), no Sambódromo, a fila ultrapassava o portão de entrada. Segundo torcedores, faltou informação e organização para a retirada dos bilhetes.

“Eu ia no Via Parque, mas o posto de hoje não abriu. Cheguei no Maracanã e soube que a bilheteria fechou 12h. Vim para cá e olha isso”, disse um deles.

Quem procurou o posto de troca no shopping Nova América, na zona norte do Rio, também enfrentou problemas. Mesmo com a fila menor teve quem ficou por quase 2 horas esperando.

“Fiquei 2 horas na fila hoje. Isso porque só tinham 30 pessoas na minha frente. Algumas pessoas não tinham preenchido o cadastro, não fizeram os procedimentos completos. Demorou muito”, disse o torcedor Luan Gouveia.

Sobre a reclamação dos torcedores e a aglomeração, a CNN procurou o Flamengo, que é o organizador da partida, mas ainda aguarda retorno.

Mais Recentes da CNN