Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Usain Bolt apresenta Thunder e Saint Leo, seus filhos gêmeos recém-nascidos

    Ex-velocista jamaicano publicou foto dos bebês, ao lado da mulher Kasi Bennett, e da filha Olympia Lightning, em sua conta no Instagram

    Usain Bolt e sua mulher Kasi Bennett, apresentam os gêmeos Thunder e Saint Leo
    Usain Bolt e sua mulher Kasi Bennett, apresentam os gêmeos Thunder e Saint Leo Foto: Cortesia/Adrian McDonald

    Amy Sood, da CNN

    Ouvir notícia

    O corredor jamaicano Usain Bolt anunciou o nascimento de seus filhos gêmeos em uma publicação no Instagram no domingo (20).

    A postagem mostra uma foto de família, com Bolt sentado ao lado de sua parceira Kasi Bennett, sua filha Olympia Lightning e os gêmeos recém-nascidos.

    Como sua irmã, os meninos receberam nomes igualmente adequados – Thunder and Saint Leo. O post não diz quando os gêmeos nasceram. Olympia, primeira filha de Bolt e Kasi, nasceu, no ano passado.

    Bolt, de 34 anos, não participará dos Jogos Olímpicos de Tóquio neste ano, depois de se aposentar do esporte em 2017. A competição deste ano será a primeira Olimpíada desde 2000 em que o velocista não estará nas pistas.

    Ele disse à CNN em março que estava ansioso para ser um espectador dos jogos em vez de competir.

    “Estou definitivamente animado por estar nas arquibancadas”, disse Bolt. “Nunca tive a oportunidade de realmente assistir aos Jogos Olímpicos, de ir [assistir] à natação, ao futebol ou apenas de ver todos os eventos. Portanto, estou animado para ter a chance de realmente vivenciar as Olimpíadas como um verdadeiro fã.”

    Campeão mundial 11 vezes, Bolt continua sendo o homem mais rápido do mundo, tendo estabelecido o recorde de 9,58 segundos nos 100 metros rasos no Campeonato Mundial de Berlim em 2009, além do recorde mundial de 200 metros, em 19,19 segundos

    O próprio Bolt afirmou à CNN, porém, que sua maior realização profissional são suas oito medalhas de ouro olímpicas – sendo que ele conquistou seis delas, nos 100m e 200m em três Jogos consecutivos (2008, 2012 e 2016).

    “Sempre haverá as medalhas de ouro [olímpicas]”, disse Bolt. “Acho que foi isso que realmente marcou minha autoridade no esporte, sabe, mostrei meu domínio ao longo dos anos.”

    (Texto traduzido; leia o original em inglês)

    Mais Recentes da CNN