Velório do apresentador Rodrigo Rodrigues acontece nesta quarta no Rio

Jornalista de 45 anos morreu nesta terça-feira, vítima da Covid-19; corpo será cremado

Jaqueline Frizon, da CNN no Rio de Janeiro

Ouvir notícia

O velório do apresentador do SporTV Rodrigo Rodrigues acontecerá nesta quarta-feira (29), no cemitério Memorial do Carmo, no bairro do Caju, zona portuária do Rio de Janeiro.

A cerimônia será a partir das 14 horas, com duração de apenas 20 minutos, em um espaço aberto — a família não quis capela.

Pelo protocolo de enterro de vítimas fatais da Covid-19, são permitidas no máximo dez pessoas reunidas, por pouco tempo e seguindo as regras de distanciamento social. O corpo do apresentador será cremado.

Leia também:

Juca Kfouri: Morte de Rodrigo Rodrigues não é apenas uma estatística

Colegas lamentam a morte do apresentador do SporTV Rodrigo Rodrigues

Por conta das restrições de velório e sepultamento, amigos e colegas de Rodrigo Rodrigues deram o último adeus e prestaram homenagens nas redes sociais.

O jornalista sofreu uma trombose venosa cerebral por complicações decorrentes da infecção pelo novo coronavírus. Ele estava internado em um hospital da zona oeste da capital fluminense desde o último sábado (25).

No domingo, Rodrigues passou por cirurgia, mas o estado de saúde piorou. Na manhã desta terça-feira, ele não resistiu às complicações e morreu.

Nascido na cidade do Rio de Janeiro, Rodrigues se formou em jornalismo em 2001 e iniciou a carreira na televisão como apresentador em 1995. Também passou por emissoras como ESPN, TV Cultura, Bandeirantes e Esporte Interativo.

Rodrigues escreveu livros como As aventuras da Blitz (2008), sobre a vida do grupo musical fundado por Evandro Mesquita, e Almanaque da música pop no cinema (2012). Ele também era guitarrista da banda The Soundtrackers, com a qual costumava se apresentar com os amigos.

Mais Recentes da CNN