Zagueiro da França é condenado a prisão por desrespeitar medida cautelar

Lucas Hernández terá dez dias para ir à prisão voluntariamente a partir de 19 de outubro

Lucas Hernández, do Bayern de Munique e da Seleção Francesa, agrediu sua então namorada e hoje esposa em fevereiro de 2017
Lucas Hernández, do Bayern de Munique e da Seleção Francesa, agrediu sua então namorada e hoje esposa em fevereiro de 2017 Andreas Gebert/REUTERS

da Reuters

Ouvir notícia

Um tribunal de Madri, na Espanha, condenou Lucas Hernández, zagueiro do Bayern de Munique e da Seleção Francesa, a seis meses de prisão por desobedecer uma medida cautelar após uma condenação de 2017 por violência doméstica contra a esposa. Ele recebeu a ordem de comparecer a um tribunal da capital espanhola no dia 19 de outubro, e a partir dessa data terá dez dias para ir à prisão voluntariamente.

Hernández foi condenado a 31 dias de serviço comunitário por agredir sua então namorada e hoje esposa em fevereiro de 2017, quando jogava no Atlético de Madri. O jogador foi alvo ainda de uma medida cautelar que o proíbe de chegar a 500 metros da parceira, que também foi condenada a 31 dias de serviço comunitário por violência, agressão e dano a propriedade.

Um documento do tribunal divulgado nesta quarta-feira (13) informou que uma apelação do zagueiro contra uma pena suspensa de prisão anterior aplicada por desafiar a medida cautelar foi negada. O zagueiro fez uma nova apelação contra a decisão mais recente.

O documento disse que a apelação foi rejeitada porque ele já havia recebido duas condenações criminais, ambas relacionadas a agressão de fevereiro de 2017. Os representantes do Bayern e de Hernández não responderam de imediato a um pedido de comentário.

Mais Recentes da CNN