Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    CNN Esportes

    Atlético-MG e Vasco apoiam Paulinho, vítima de intolerância religiosa

    Atacante do Galo recebeu comentários preconceituosos após estreia pela Seleção

    Paulinho comemora gol da virada do Atlético-MG com gesto antirracista
    Paulinho comemora gol da virada do Atlético-MG com gesto antirracista Reprodução/Twitter Atlético-MG

    Da CNN

    Vítima de intolerância religiosa após estrear pela Seleção Brasileira, Paulinho recebeu apoio nas redes sociais de Atlético-MG e Vasco, atual e ex-clube do atacante de 23 anos.

    O jogador, que é seguidor declarado do candomblé, foi alvo de piadas e comentários preconceituosos nas redes sociais após a derrota do Brasil para a Colômbia, que marcou a estreia de Paulinho.

    “A intolerância religiosa é crime e deve ser combatida por todos”, escreveu o Atlético-MG no X, ex-Twitter. “Força, Paulinho. Que sua fé te proteja da maldade alheia”.

    Clube que revelou o atacante, o Vasco fez um comentário em cima da publicação do Galo.

    “Ressaltamos a importância do respeito a todas as religiões e credos. O preconceito deve ser combatido em prol de uma sociedade plural, para que cada indivíduo possa, em paz, expressar a sua fé”, escreveu o clube carioca.

    Veja algumas mensagens de ódio direcionadas a Paulinho:

    Mensagens de ódio direcionadas a Paulinho do Atlético, publicadas no Twitter

    Mensagens de ódio direcionadas a Paulinho, do Galo, foram publicadas no Twitter / Reprodução/Itatiaia

    (Publicado por Luccas Oliveira)

    Acompanhe a CNN Esportes em todas as plataformas