Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    CNN Esportes

    Botafogo perde para o Goiás, encerra longa invencibilidade, mas segue líder

    Na Serrinha, Esmeraldino conseguiu a virada e puxou o Corinthians para a zona de rebaixamento do Brasileirão

    Goiás comemora o gol da virada sobre o Botafogo
    Goiás comemora o gol da virada sobre o Botafogo CARLOS COSTA/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO

    Luccas Oliveirada CNNRedaçãoda Itatiaia

    O Botafogo deu fim a uma série invicta de 15 jogos neste domingo (14), ao ser derrotado pelo Goiás, de virada, na Serrinha, em Goiânia. O Alvinegro não perdia um jogo desde 8 de março.

    Apesar da derrota, o time do técnico Luís Castro segue na liderança do Campeonato Brasileiro após a sexta rodada. O Botafogo tem 15 pontos, um a mais que o Palmeiras, vice-líder.

    Por outro lado, a vitória fez o Goiás deixar a zona de rebaixamento e puxar o Corinthians. O Esmeraldino está na 15ª posição, com seis pontos.

    Tiquinho Soares abriu o placar na Serrinha em cobrança de pênalti, mas o Goiás conseguiu o empate ainda na etapa inicial, com Bruno Melo, após longa consulta no VAR.

    No segundo tempo, o jovem Maguinho marcou e decretou a vitória do Goiás.

    O jogo

    O Goiás respeitou o Botafogo durante todo o primeiro tempo e acabou saindo atrás do marcador. Aos 32 minutos, o árbitro, com ajuda do VAR, assinalou um pênalti de Bruno Melo em Gustavo Sauer. Tiquinho Soares foi para a cobrança e mandou para o fundo das redes.

    Atrás do placar, o Goiás saiu para o gol e conseguiu empatar ainda no primeiro tempo. Aos 51 minutos, o árbitro, após decisão do VAR, validou o gol de Bruno Melo. O zagueiro recebeu de Zé Ricardo dentro da área e jogou para o gol.

    No segundo tempo, o Goiás sentiu que dava para vencer o jogo e marcou novamente aos 11 minutos. Matheus Peixoto cruzou, a bola desviou em Segovia e encobriu o goleiro Lucas Perri. Maguinho aproveitou para fazer o segundo.

    Após a virada, o Goiás voltou a recuar e anulou os jogadores do Botafogo. Sem espaço, o time alvinegro não conseguiu criar e acabou conhecendo a sua primeira derrota do Brasileirão.

    Na próxima rodada, o Botafogo enfrenta o Fluminense no sábado, às 18h30, no Engenhão, no Rio. No mesmo dia, às 16h, o Goiás visita o Bahia, na Arena Fonte Nova, em Salvador (BA).

    Goiás 2 x 1 Botafogo

    Goiás: Marcelo Rangel; Maguinho (Dodô), Lucas Halter, Bruno Melo e Sander; Zé Ricardo, Willian Oliveira (Bruno Santos), Diego (Sidimar) e Julián Palacios (Pedrinho); Diego Gonçalves (Alesson) e Matheus Peixoto. Técnico: Emerson Ávila.

    Botafogo: Lucas Perri; Di Placido, Adryelson, Luis Segovia (Carlos Alberto) e Marçal; Marlon Freitas, Tchê Tchê (Lucas Fernandes) e Eduardo; Gustavo Sauer (Júnior Santos), Tiquinho Soares e Victor Sá (Luis Henrique). Técnico: Luís Castro.

    Gols: Tiquinho Soares, aos 32, e Bruno Melo, aos 51 minutos do primeiro tempo. Maguinho, aos 11 minutos do segundo tempo.

    Cartões amarelos: Dodô, Lucas Halter, Maguinho, Matheus Peixoto, Willian Oliveira e Zé Ricardo (Goiás); Adryelson, Luis Segovia e Marçal (Botafogo).

    Árbitro – Rafael Rodrigo Klein

    Local: Estádio da Serrinha, em Goiânia (GO).