Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    CNN Esportes

    Feminicídio: Ex-lutador é condenado a 14 anos de prisão por matar esposa

    Luis Paulo dos Santos, ex-lutador de MMA, confessou o crime durante o julgamento, em São Paulo

    Ex-lutador acusado de matar a esposa vai a júri popular em são Paulo
    Ex-lutador acusado de matar a esposa vai a júri popular em são Paulo Reprodução - Instagram

    Redação Itatiaia

    Um ano após o crime, o ex-lutador de MMA Luis Paulo dos Santos foi condenado a 14 anos de prisão pela morte da esposa. O julgamento aconteceu na terça-feira (21), no Fórum da Barra Funda, na Zona Oeste de São Paulo.

    Ele matou a mulher a tiros e jogou o corpo em um córrego da Zona Leste da capital paulista.

    A professora Ellida Tuane Ferreira da Silva Santos, que tinha 26 anos, levou dois tiros dentro do apartamento onde morava com o marido e o filho do casal, que viu a mãe ser morta. Os tiros acertaram o peito e o ombro da vítima. Santos terá que cumprir a pena inicialmente em regime fechado e não poderá recorrer em liberdade.

    No julgamento, ele confessou o crime, mas disse ter agido em legítima defesa. Ele era acusado de homicídio qualificado e ocultação de cadáver.

    O crime

    De acordo com a investigação do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), o acusado disparou quatro vezes na direção da mulher. Imagens de câmeras de segurança mostram parte da ação do acusado. Para sair com o corpo do condomínio, ele colocou a vítima em um saco e usou um carrinho de compras para levar até o carro. Depois, jogou em um córrego. Após o crime, ele disse para a família da mulher que ela tinha ido a Campinas, deixando o filho ainda bebê em casa.

    O homem chegou a registrar um boletim de ocorrência do desaparecimento dela. O corpo da vítima foi encontrado dias depois do crime no Parque do Carmo, no bairro de Itaquera, dentro do saco plástico.

    Acompanhe CNN Esportes em todas as plataformas

    Este conteúdo foi criado originalmente em Itatiaia.

    versão original