Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Flamengo se torna tricampeão da Libertadores; veja outros times com três títulos

    Equipe carioca, que levantou a taça neste sábado (29), conquistou o triunfo em outras duas ocasiões, em 1981 e em 2019

    Pedro Zanattada CNN

    em São Paulo

    Tendo conquistado a vitória sobre o Athletico-PR por 1 a 0 neste sábado (29), o Flamengo se torna mais um time que acumula três títulos da Copa Libertadores da América. O rubro-negro divide o feito com outros clubes, como Santos, São Paulo, Palmeiras e Grêmio, além de Nacional (Uruguai) e Olímpia (Paraguai).

    O confronto deste sábado, que consagrou o Flamengo como tricampeão, ocorreu no estádio Monumental de Guayaquil, no Equador. Além da vitória neste ano, o Flamengo conquistou a Libertadores em outras duas ocasiões, em 1981 e em 2019.

    Em 2019, a equipe foi campeã após derrotar o River Plate, por 2 a 1. Gabriel Barbosa, que marcou neste sábado, foi o responsável pela virada nos minutos finais da partida, que aconteceu em Lima, no Peru.

    Na edição de 2020, o time caiu nas oitavas de final para o Racing. Já em 2021, o Flamengo foi derrotado pelo Palmeiras na final e adiou o sonho do tricampeonato. Na ocasião, em Montevidéu, no Uruguai, o atacante Deyverson, já na prorrogação, virou o jogo para o alviverde.

    Veja o número de títulos de outros times:

    • Independiente: 7
    • Boca Juniors: 6
    • Peñarol: 5
    • Estudiantes: 4
    • River Plate: 4
    • Flamengo 3
    • Nacional: 3
    • Santos: 3
    • Olimpia: 3
    • São Paulo: 3
    • Grêmio: 3
    • Palmeiras: 3
    • Cruzeiro: 2
    • Internacional: 2
    • Atlético Nacional: 2
    • Racing: 1
    • LDU: 1
    • Atlético-MG: 1
    • Colo-Colo: 1
    • Argentinos Juniors: 1
    • Corinthians: 1
    • San Lorenzo: 1
    • Once Caldas: 1
    • Vasco: 1
    • Vélez Sarsfield: 1

    Campanha na Libertadores

    O rubro-negro terminou em primeiro no grupo H, fazendo 16 pontos em cinco vitórias e um empate.

    Nas oitavas de final, superou o Tolima nas duas partidas. Fora de casa, a vitória foi magra, por apenas 1 a 0, em 26 de junho. Já a volta, no Rio de Janeiro, foi esmagadora: 7 a 1. O atacante Pedro brilhou e marcou quatro gols na ocasião. Os demais foram feitos por Gabriel Barbosa, Matheus França e um contra, de Quiñones.

    Nas quartas, a equipe pegou o Corinthians e venceu ambas as partidas. Na ida, na Neo Química Arena, abriu 2 a 0, com Arrascaeta e Gabigol. No Maracanã, fez 1 a 0, com Pedro.

    A semifinal foi contra o Vélez Sársfield. Na Argentina, fez um sonoro 4 a 0, com três gols de Pedro. Éverton Ribeiro completou o placar. O segundo jogo foi mais apertado. Lucas Pratto fez o primeiro para os argentinos. Mas, Pedro e Marinho viraram a partida para os cariocas.