Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Francesa se torna a primeira mulher a trabalhar na arbitragem em jogo da Copa

    Stephanie Frappart foi a quarta árbitra na partida entre México e Polônia, disputada nesta terça-feira (22)

    Árbitra Stephanie Frappart e a assistente Neuza Back durante partida entre México e Polônia
    Árbitra Stephanie Frappart e a assistente Neuza Back durante partida entre México e Polônia 22/11/2022REUTERS/Carl Recine

    Por Manasi Pathak, da Reuters

    A francesa Stephanie Frappart se tornou a primeira mulher a trabalhar na arbitragem de uma partida masculina da Copa do Mundo ao ser nomeada a quarta árbitra no confronto desta terça-feira pelo Grupo C entre México e Polônia, no Estádio 974.

    Frappart, Salima Mukansanga, de Ruanda, e Yamashita Yoshimi, do Japão, foram nomeadas entre os árbitros do torneio, juntamente com três árbitras assistentes, incluindo a brasileira Neuza Back, no Mundial do Catar.

    Frappart também foi a primeira mulher a arbitrar um jogo masculino da Liga dos Campeões, em 2020.

    A árbitra, de 38 anos, também participou de jogos no Campeonato Francês e na Liga Europa.