Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Capitão do México, Guardado defende Messi após ameaça de boxeador

    O lutador Canelo Álvarez se ofendeu com um vídeo que mostrava o atacante argentino pisando em uma camisa da seleção mexicana

    Angelica Medinada Reuters

    O capitão da seleção do México, Andrés Guardado, defendeu Lionel Messi após o boxeador mexicano Canelo Álvarez fazer uma ameaça ao argentino por ter se ofendido com um vídeo que mostrava o atacante pisando em uma camisa da seleção mexicana no chão.

    Messi marcou na vitória da Argentina por 2 x 0 sobre o México pela Copa do Mundo no sábado e Álvarez, que tem cerca de 2,2 milhões de seguidores no Twitter, disse que o atacante “deveria pedir a Deus que eu não o encontre”, após se ofender com o vídeo.

    Mas Guardado, de 36 anos, que está disputando sua quinta Copa do Mundo, disse que não viu nada fora do comum.

    “É um acordo com os funcionários: quando você deixa tudo suado no chão, é tudo para lavar”, disse Guardado aos repórteres.

    “Tive a sorte e o privilégio de enfrentar Messi por muitos anos na Espanha. Conheço a pessoa que ele é. Infelizmente, talvez Canelo não entenda como é estar em um vestiário.”

    O México precisa vencer a última partida do Grupo C contra a Arábia Saudita na quarta-feira para ter alguma chance de chegar às oitavas de final no Catar.

    A Argentina também corre risco de desclassificação e enfrenta a Polônia, líder do grupo, no mesmo horário.

    Conheça todos os estádios da Copa do Catar

    Copa do Mundo 2022

    Acompanhe o resultado dos jogos!