Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Paulinho receberá honraria na Câmara do RJ por combate à intolerância religiosa 

    Campeão olímpico de futebol, jogador de 21 anos foi revelado pelo Vasco e atua na Alemanha 

    Foto: Lucas Figueiredo/ CBF

    Stéfano Salles, da CNN, no Rio de Janeiro 

    Campeão olímpico com a seleção brasileira de futebol, em Tóquio, o atacante Paulinho (Bayer Leverkusen, da Alemanha) receberá a comenda Pedro Ernesto, a principal honraria da Câmara Municipal do Rio de Janeiro.

    O jogador de 21 anos, revelado pelo Vasco, receberá a condecoração pelo combate à intolerância religiosa em data ainda a ser definida. 

    Paulinho é candomblecista e, em suas redes sociais, enaltece a religião de matriz africana e seus orixás, com postagens frequentes como “Sempre foi Exu”.

    Ao marcar um gol na estreia, na vitória por 4 a 2 sobre a Alemanha, em partida que reeditou a final olímpica da Rio-2016, Paulinho homenageou o orixá caçador Oxóssi, ao celebrar como se atirasse uma flecha. 

    A iniciativa da homenagem é do líder do governo Paes na Câmara Municipal, vereador Átila Alexandre Nunes (DEM), historicamente ligado às religiões de matriz africana.  A proposta foi aprovada no Palácio Pedro Ernesto por unanimidade. 

    “Paulinho deu uma grande demonstração de fé. Mostrou que tem muito orgulho de sua religião. Disse até que, mais do que fé, a umbanda e o candomblé são para eles uma filosofia de vida. Isso em plena Olimpíada, um momento de maior visibilidade de sua carreira. E demonstrou ainda no primeiro gol que fez, no primeiro gol, sua fé nos orixás. É um exemplo a ser seguido”, afirma Átila Alexandre Nunes.

    Paulinho seleção
    Foto: Getty Images

    Paulinho está desde 2018 no Bayer Leverkusen e, depois da conquista da medalha dourada com a seleção brasileira, retornou para a Alemanha.