Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Técnico do PSG diz que Messi se adaptou bem, mas não confirma estreia na sexta

    'Ainda não decidimos a escalação e vamos avaliar se Messi pode fazer parte dela', disse o técnico Mauricio Pochettino

    Reuters

    O craque Lionel Messi pode estar entre os escalados da equipe do Paris Saint-Germain para a partida na cidade francesa de Brest nesta sexta-feira (19), onde o clube enfrentará o Stade Brestois pelo campeonato francês.

    No entanto, o técnico Mauricio Pochettino manteve-se calado sobre a possibilidade do seis vezes vencedor da Bola de Ouro finalmente fazer sua estreia pelo clube francês nesta sexta. 

    Messi, de 34 anos, ainda não jogou pelo PSG depois de ter saído do Barcelona no início deste mês. Ele foi apresentado aos torcedores antes da vitória do PSG em casa por 4 a 2 sobre o RC Strasbourg, no último sábado.

    “Ainda não decidimos a escalação e vamos avaliar se Messi pode fazer parte dela”, disse Pochettino em entrevista coletiva quando foi questionado se o seu compatriota argentino participaria da partida contra o Stade Brestois.

    “Tudo é positivo. Há um bom ambiente na equipe e ele se adaptou bem e rapidamente. É uma sensação muito boa.” Messi não treinava há um mês, depois de levar a Argentina ao título da Copa América, com uma vitória por 1 a 0 sobre o Brasil.

    Depois de ganhar dez campeonatos da La Liga e quatro títulos da Liga dos Campeões durante seus 17 anos de carreira no Barcelona, Messi deixou o time em uma transferência gratuita depois que o presidente do clube catalão, Joan Laporta, disse que não tinham mais condições de mantê-lo.

    O PSG pode provisoriamente ficar com três pontos de vantagem no topo da tabela se vencer nesta sexta-feira e somar três vitórias em três jogos no início de sua campanha para recuperar o título do campeão da temporada passada, Lille. Atualmente, o time está em terceiro com seis pontos, atrás do líder Angers e do Clermont.

    Lionel Messi no aeroporto de Barcelona 10/08/2021 REUTERS/Albert Gea
    Foto: Lionel Messi no aeroporto de Barcelona 10/08/2021 REUTERS/Albert Gea

    (Reportagem de Sudip Kar-Gupta; escrita de Zoran Milosavljevic; edição por Toby Davis)