Empresa belga personaliza máscaras com rosto de pessoas


Da CNN
24 de junho de 2020 às 08:11 | Atualizado 24 de junho de 2020 às 12:33

As máscaras são essenciais no combate à Covid-19. No entanto, há quem diga que tornam as relações mais impessoais – justamente por esconder a parte inferior do rosto e impedir que vejamos a fisionomia do outro e todas as suas expressões faciais.

Depois de ser prejudicado, pela pandemia, no negócio que tinha, um empresário belga decidiu investir em um toque humano à peça e quebrar um pouco dessa inexpressividade. Charles de Bellefroid criou as "Smilling Masks" [em tradução livre, Máscaras Sorridentes] que, a partir de um app, você pode encomendar o produto com uma foto sua impressa nele. 

O projeto usa uma cabine fotográfica, um software e um aplicativo para celular.

"Usamos nosso Cheesebox [cabine de fotos] para capturar a imagem para as máscaras personalizadas", disse ele.

Charles conta que teve a ideia depois que o lockdown na Bélgica afundou sua antiga empresa de organização de eventos.

Leia também:

O que fazer se você estiver suando de máscara?

Máscara x óculos: é possível conciliar os dois sem enlouquecer na pandemia?

Pesquisadores criam máscara que mata Covid-19 com calor de carregador de celular

"Uma máscara é impessoal. Ter o rosto impresso é mais amigável, é mais divertido", relatou uma cliente, Virginie Thys, em Bruxelas. "No momento, estamos todos usando máscaras e agora sabemos com quem estamos lidando. É realmente uma ótima idéia."

Depois de fazer um pedido, os clientes recebem um link para um aplicativo que permite tirar uma foto do rosto e enviá-lo ao site da empresa.

A máscara com a metade inferior do rosto impressa chega por correio na Europa em poucos dias após a compra. Custa € 19,99 euros [aproximadamente R$ 116] e pode ser lavada de 8 a 10 vezes sem que a impressão seja danificada, afirma Bellefroid.

Por enquanto, o site informa que ainda não é possível o envio do produto ao Brasil.

Máscara com rosto.

Empresa usa app para encomendas de máscaras com fotos da parte inferior do rosto.

Foto: Divulgação

Com informações da Reuters.