Tela de Van Gogh nunca exibida publicamente pode ser leiloada por R$ 54 milhões

Quadro pintado quando artista vivia em Paris fazia parte de coleção particular da mesma família há um século

da CNN*
25 de fevereiro de 2021 às 13:39 | Atualizado 25 de fevereiro de 2021 às 19:36

Uma tela nunca exibida publicamente do pintor holandês Van Gogh pode ser leiloada pelo equivalente a R$ 54 milhões em março, depois de passar mais de um século na coleção privada de uma família francesa. 

"Scène de rue à Montmartre" (Cena de rua em Montmartre) foi pintado em 1887, quando Van Gogh morava com o irmão Theo em Paris. Antes de ser leiloado, ele vai passar pelas casas da Sotheby's em Amsterdã, Hong Kong e Paris. 

Essa é a primeira exibição do quadro, que só havia aparecido anteriormente em catálogos.

O preço da obra de arte foi estimada entre 5 milhões (R$ 33,5 milhões) e 8 milhões de euros (R$ 53,6 milhões). 

Tela "Scène de rue à Montmartre", de Van Gogh
Tela "Scène de rue à Montmartre", de Van Gogh
Foto: Divulgação/Sotheby's

 A pintura mostra um homem e uma mulher passeando de braços dados ao longo de uma cerca, com um moinho de vento ao fundo. A obra é parte de uma série de cenas que Van Gogh produziu em Montmartre, distrito parisiense hoje representado pela igreja de Sacré Coeur.

Quando o artista estava lá, a igreja estava em construção e a área era uma colcha de retalhos de campos, casas e moinhos de vento no extremo da cidade, e começava a atrair a boemia artística com seus aluguéis baratos.

A casa ainda disse em um comunicado que muito poucas pinturas do período Montmartre de Van Gogh continuam com donos particulares. "O aparecimento de uma obra deste calibre no mercado, e de uma série tão emblemática, é indubitavelmente um grande acontecimento", disse o comunicado.

(*Com informações da Reuters)