Coreia do Sul reporta disparos de dois projéteis norte-coreanos


02 de março de 2020 às 03:55
Coreia do Norte

Kim Jong-un, o líder da Coreia do Norte, em Pyongyang (31.dez.2019)

Crédito: KCNA via Reuters

Em nota divulgada nesta segunda-feira (2), o Ministério da Defesa da Coreia do Sul acusa a Coreia do Norte pelo disparo de dois projéteis não identificados em uma área próxima à cidade costeira de Wonsan, em águas entre a Península Coreana e o Japão.

As autoridades sul-coreanas não especificaram o que foi disparado, mas a região de Wonsan já foi utilizada para testes de mísseis de Pyongyang em anos anteriores.

O Ministério da Defesa japonês declarou, em comunicado, que "o recente lançamento repetido de mísseis balísticos pela Coréia do Norte é um problema sério para a comunidade internacional, incluindo o Japão", mas não relatou nenhum dano causado por projéteis norte-coreanos em seu território.

Ainda não houve posicionamento do governo norte-coreano sobre o caso. 

Caso se confirme o lançamento de um míssil nesta segunda-feira, o teste seria o primeiro de Pyongyang em 2020. No ano anterior, o líder norte-coreano Kim Jong-un afirmou que que seu país continuaria a "desenvolver constantemente" armas nucleares e mísseis balísticos. Ainda segundo Kim, a postura representa uma resposta norte-coreana à “política hostil” do governo dos Estados Unidos, após fracasso em encontros bilaterais do ditador asiático com Donald Trump.

A Coreia do Norte realizou diversos lançamentos de mísseis em 2019, quando os esforços diplomáticos entre Pyongyang e Washington se enfraqueceram, mas o país evitou testar mísseis intercontinentais ou detonar armas nucleares em áreas terrestres.