EUA confirmam segunda morte relacionada ao coronavírus


02 de Março de 2020 às 09:36 | Atualizado 02 de Março de 2020 às 09:38
Imagem da estrutura do betacoronavírus, como o novo coronavírus

Projeção da Nexu Science Communication, em conjunto com o Trinity College, em Dublin, mostra modelo estruturalmente representativo de um betacoronavírus, tipo vinculado ao Covid-19

Crédito: Nexu Science Communication/Reuters

O Departamento de Saúde Pública do estado de Washington confirmou, na noite deste domingo (1), a segunda morte relacionada ao novos coronavírus (COVID-19) nos Estados Unidos. A vítima é um homem de cerca de 70 anos, que já apresentava outros problemas de saúde.

O caso aconteceu no condado de King, onde se localiza Seattle. A primeira morte pela doença no país ocorreu no mesmo estado e foi anunciada no último sábado. Na ocasião, a vítima foi um homem de cerca de 50 anos. 

Washington registra outros 13 casos confirmados do novo coronavírus e declarou estado de emergência por conta do vírus. 

"Isso nos permitirá obter os recursos de que precisamos", declarou o governador do estado, Jay Inslee, em comunicado ao anunciar medidas emergenciais. "É hora de promover ações proativas e de ter bom senso para garantir a saúde e a segurança daqueles que vivem no estado de Washington", acrescentou. 

Também no domingo (1) foi confirmado o primeiro caso de coronavírus em Nova York. De acordo com as autoridades médicas, a vítima é uma mulher de cerca de 30 anos que esteve recentemente no Irã.

Mais de 3.000 pessoas já morreram em todo o mundo por conta do coronavírus até o momento. Dentre as vítimas fatais, 136 são de fora da China continental, onde o surto teve início. O total de infectados em todo o planeta já ultrapassou 88.400 casos.