As 48 horas que fortaleceram Joe Biden nas primárias democratas


Dan Merica, Michael Warren e Vanessa Yurkevich Da CNN
03 de março de 2020 às 10:18 | Atualizado 03 de março de 2020 às 12:15
Joe Biden e Pete Buttigieg

A imponente vitória de Joe Biden na primária da Carolina do Sul deu novo folego para sua pré-campanha à Casa Branca

Crédito: Pool/CNN

A imponente vitória de Joe Biden na primária da Carolina do Sul, no sábado (29), deu início a uma reação em cadeia que deu um novo fôlego para a campanha do ex-vice-presidente norte-americano e forçou seus rivais moderados a fazer uma escolha difícil: quando e como sair da disputa.

E essas decisões, por sua vez, resultaram em uma corrida para Dallas, no Texas, onde na noite de segunda-feira esses candidatos foram expressar seu apoio a Biden para consolidar uma alternativa apoiada pelo establishment frente ao candidato que lidera as primárias: Bernie Sanders.

A senadora Amy Klobuchar já pensava em desistir nos dias anteriores à primária da Carolina do Sul, disse um conselheiro à CNN. Mas foi só na manhã seguinte ao seu decepcionante sexto lugar que ela teve sua primeira conversa séria sobre isso com seu gerente de campanha e assessor de longa data, Justin Buoen.

Na mesma manhã Pete Buttigieg, ex-prefeito de South Bend, em Indiana, tomava seu café da manhã com o ex-presidente Jimmy Carter na cidade de Plains, na Geórgia. Buttigieg também considerava encerrar sua campanha, especialmente depois de ficar em quarto lugar na disputa primária da noite anterior.

Se dirigindo a repórteres, Carter disse que Buttigieg “não sabia o que faria (com a campanha)” – um forte indício de que o caminho para o jovem político, pelo menos nestas primárias, estava perto do fim.

Na noite de domingo, Buttigieg anunciou que deixaria a disputa pela indicação do Partido Democrata. Na tarde de segunda-feira, Klobuchar seguiu o mesmo caminho. Com algumas horas de diferença, os endossaram a campanha de Biden em Dallas na véspera da primária no Texas – um dos 14 estados que disputam a Superterça.

Em apenas 48 horas, Biden conseguiu ressuscitar sua campanha e consolidar a maior parte da ala moderada do partido no dia anterior a uma grande disputa nacional. Depois de um desempenho ruim na primárias de Iowa e New Hampshire, é difícil imaginar um cenário mais positivo do que este para Biden.

Pete Buttigieg desiste de campanha nos EUA

Pete Buttigieg anuncia saída da pré-campanha presidencial democrata dos EUA em South Bend, Indiana

Crédito: Santiago Flores/South Bend Tribune via U

Poucas horas antes de os eleitores das primárias democratas irem às urnas em 14 estados, ele foi beneficiado pelo apoio de Klobuchar e Buttigieg – e talvez isso se reflita, futuramente, em trazer o dinheiro dos doadores desses candidatos.

Biden, no entanto, ainda precisa enfrentar o bilionário Mike Bloomberg. O ex-prefeito de Nova York encarará os eleitores democratas pela primeira vez na Superterça e não deu nenhuma indicação de que abandonaria a disputa num futuro próximo, dizendo a repórteres na segunda-feira que “está nela para vencer”.

A velocidade com que os dois desistentes anunciaram apoio a Biden indica também o nível de preocupação no establishment democrata em relação a Sanders e a perspectiva de que ele pudesse crescer na preferência dos eleitores antes que essa ala tivesse chance de se unir a uma alternativa moderada.

Mesmo antes de Klobuchar desistir, Sanders já tinha se consolidado como o principal nome político independente revolucionário em uma disputa contra o establishment democrata endinheirado.

“Há um grande esforço para tentar impedir Bernie Sanders, isso não é segredo para ninguém nesta sala”, disse o próprio candidato a repórteres na segunda-feira de manhã. “O establishment corporativo está se unindo. O establishment político está se unindo. E eles farão tudo. Eles estão realmente ficando nervosos com o fato de os trabalhadores estarem se unindo.”

Sanders ainda é o líder na disputa e nas intenções de votos e se apresenta como o favorito nos estados que fazem parte da Superterça, incluindo a Califórnia – que tem a maior quantidade de delegados do país.

Amy Klobuchar e Joe Biden

A senadora Amy Klobuchar participa de comício em Dallas, no Texas, para apoiar a campanha de Joe Biden

Crédito: CNN

Mas a consolidação de outros nomes do partido em torno da campanha de Biden deu ao establishment democrata motivos para acreditar que ainda é possível evitar a nomeação do senador por Vermont como candidato do partido – uma decisão que muitos moderados acreditam que poderia fazer a votação do partido encolher em uma disputa com Donald Trump, em novembro.

“Chegamos ao momento em que pessoas como eu estão rezando (para que acontecesse) há semanas”, disse Matt Bennett, vice presidente do think tank de centro-esquerda Third Way e uma das principais vozes entre os democratas na oposição à indicação de Sanders. “As coisas mudaram radicalmente.”

Decisão mudou rota de avião

Mesmo antes daquele café da manhã no domingo com Carter, Buttigieg já tinha falado para os principais membros de sua campanha que deixaria a disputa do partido, informou uma fonte familiarizada com os planos do ex-prefeito à CNN.

Depois do resultado na Carolina do Sul, Buttigieg percebeu que embora tivesse chances em algumas disputas sua falta de infraestrutura nos estados da Superterça e a perspectiva de que seria superado nos estados mais importantes suprimiria o que ele havia conquistado até então.

Sua campanha estava se expandindo para os estados da Superterça, mas sem contratação significativa – apenas redistribuindo os membros que trabalharam nos primeiros estados, de acordo com um assessor de Buttigieg. De acordo com documentos financeiros enviado ao governo em janeiro, Buttigieg entrou em fevereiro com US$ 6,6 milhões em caixa e estava gastando a uma taxa de 227%.

Na frente da captação de recursos as coisas tinham começado a melhorar. Buttigieg estabeleceu uma meta ambiciosa de arrecadar US$ 13 milhões entre o caucus de Nevada em 22 de fevereiro e a Superterça. Até a tarde de domingo, ele estava a caminho de cumprir essa meta e ter o maior trimestre de captação de recursos até então, disse o mesmo assessor. Mas esse caminho para conquistar mais delegados e continuar relevante já não parecia possível para ele.

Ainda assim, Buttigieg foi a Selma, no Alabama, na tarde de domingo, para um evento em comemoração ao aniversário de 55 anos das sangrentas manifestações de direitos civis na cidade. De Selma, ele embarcou para um voo com destino a Dallas, onde um comício no domingo à noite iniciaria a reta final da campanha antes da Superterça.

Joe Biden, Mike Bloomberg, Bernie Sanders e Elizabeth Warren

Joe Biden, Mike Bloomberg, Bernie Sanders e Elizabeth Warren, os principais candidatos democratas na disputa pela indicação do partido

Crédito: CNN

Mas antes de decolar, ele disse aos repórteres a bordo que eles aterrissariam em South Bend – cidade natal de Buttigieg, em Indiana, onde sua campanha começou. A decisão de terminar sua história campanha – ele é o primeiro candidato à presidência abertamente gay a vencer um caucus de um dos grandes partidos dos EUA – havia sido tomada na manhã de domingo e ela seria anunciada em South Bend.

Em uma ligação para seus funcionários, o gerente de campanha de Buttigieg, Mike Schmuhl, informou que eles deixariam a disputa democrata. O clima do escritório, no entanto, era mais positivo do que se poderia imaginas depois do telefonema, segundo um assessor que estava em South Bend naquele momento.

Depois da notícia, vários assistentes de Buttigieg saíram para beber. Alguns disseram que amigos e familiares enviaram dinheiro através do aplicativo Venmo para comprar rodadas para a equipe da campanha.

Depois de desembarcar em South Bend no final do domingo e depois que a CNN e outras pessoas relataram seus planos, Buttigieg fez um discurso enfatizando que ele via sua desistência como a coisa responsável a fazer.

“Temos a responsabilidade de considerar o efeito de continuar nesta disputa”, afirmou. A avaliação que Buttigieg parece ter feito é que sua presença na disputa ajudava Sanders.

“Pete nunca entrou nisso por si mesmo, e é por isso que ele consolidou ama alternativa a Bernie no momento em que a matemática parou de fazer sentido”, disse o assessor.

A escolha de Klobuchar

Ao contrário de Buttigieg, Amy Klobuchar demorou um pouco mais para tomar sua decisão. As conversas telefônicas sobre desistência começaram enquanto ela estava na Carolina do Norte. Por telefone, ela, seu assessor sênior Buoen e outros assessores discutiram a possibilidade durante todo o domingo.

Mas foi só na segunda-feira à tarde que a senadora optou por desistir oficialmente e informou sua equipe de campanha do plano. Enquanto estava em Salt Lake City, em Utah, ela realizou uma teleconferência com todos os funcionários para informá-los.

“Estou muito, muito orgulhoso de vocês. Eu me diverti muito conhecendo todos vocês e vendo esse trabalho extraordinário que vocês fizeram todos os dias. Somos conhecidos como uma campanha feliz e desconexa”, disse Klobuchar. “Continuo tentando pensar no que é melhor para o nosso país agora. Então, decidi que vou endossar o vice-presidente Biden hoje.”

Klobuchar viu sua decisão de apoiar Biden como a melhor coisa que ela poderia fazer para unificar o partido, disse o conselheiro, mas houve um reconhecimento dentro da campanha de que uma perda nas primárias de Minnesota, na Superterça, envergonharia a senadora.

Assessores de campanha disseram à CNN que números internos a colocavam à frente de Sanders no estado, mas ela sabia que ele tinha um apoio significativo. E mesmo que ela ganhasse em Minnesota, disse o consultor, sabia que havia uma questão maior em relação ao número de delegado em disputa.

“Portanto, antes de um grande dia de votação ela achou melhor apoiar Biden. E não apenas suspender sua campanha, mas endossá-lo”, disse o conselheiro.

Depois de conversar com sua campanha, Klobuchar embarcou em direção a Dallas para participar de um comício ao lado do ex-vice-presidente e de Buttigieg. 

Efeito nas arrecadações

A consolidação do establishment democrata em torno de Biden provavelmente o ajudará a arrecadar mais dinheiro.

Rufus Gifford, diretor financeiro da campanha de reeleição de Barack Obama em 2012, disse à CNN que na segunda-feira de manhã havia enviado um e-mail para toda a equipe financeira nacional do ex-presidente – cerca de 500 doadores – para dizer que todos precisavam embarcar na campanha de Biden.

“As respostas que recebi foram inequívocas: 'conte comigo' ou 'já estou participando, mas obrigado por fazer isso’”, disse Gifford. “Sinto que a energia (do partido) se une em torno de Joe”.

Essa energia também parece ter se transferido um pouco para o esforço anti-Sanders. Jonathan Kott, diretor executivo do Super PAC – organização que reúne contribuições e doa esses fundos para campanhas a favor ou contra candidatos – Big Tent Project, disse à CNN que seu grupo levantou US$ 4 milhões desde a votação na Carolina do Sul, a maioria destinada ao financiamento de anúncios digitais direcionados a eleitores nos estados da Superterça com mensagens críticas a Sanders.

“Acredito que os eleitores estão percebendo que o histórico de Bernie Sanders é radical e estão procurando uma alternativa”, disse Kott.

Os esforços do comitê chamaram atenção do próprio Sanders, que disse a repórteres em Salt Lake City, na manhã de segunda, que tinha pedido a Kott “que se pronunciasse de informasse quem estava pagando pelos anúncios”.

“Comecei falando sobre um Super PAC que está gastando milhões de dólares hoje”, disse Sanders. “Por que eu ficaria surpreso com o fato de os políticos do establishment estarem se unindo?”, questionou.