Elizabeth Warren desiste da corrida pela Casa Branca


Da CNN Brasil, em São Paulo
05 de março de 2020 às 12:46 | Atualizado 05 de março de 2020 às 15:36

A pré-candidata democrata à presidência dos EUA, Elizabeth Warren, desistiu da campanha deste ano, informaram à CNN fontes próximas da equipe da senadora.

Warren teve um desempenho abaixo do esperado na Superterça. Ela não conseguiu vencer em nenhum dos 14 estados que realizaram prévias. Em seu reduto político, Massachusetts, ela foi derrotada pelo ex-vice-presidente Joe Biden. 

“Sei que quando estabelecemos (a pré-campanha), essa não era a ligação que vocês queriam ouvir. E não era uma ligação que eu gostaria de fazer. Mas me recuso ser cegada pelo decepção — ou decepcioná-los — em relação ao que conquistamos", afirmou a senadora, em uma conferência telefônica com seus apoiadores.

"Não atingimos nosso objetivo, mas o que fizemos juntos — o que vocês conquistaram — fez uma diferença duradoura. Não é a escala da diferença que queríamos fazer, mas ela importa — e as mudanças terão efeitos nos próximos anos.”

A senadora foi a segunda pré-candidata a desistir da disputa depois da Superterça. O primeiro foi o ex-prefeito de Nova York, Michael Bloomberg. 

Ele investiu ao menos US$ 464 milhões da própria fortuna para financiar a campanha e anunciou desistência da corrida eleitoral na quarta-feira (4). No mesmo dia, Bloomberg anunciou apoio à candidatura de Biden. 

“Há três meses, entrei na disputa presidencial para derrotar Donald Trump. Hoje, estou deixando a corrida pela mesma razão: para derrotar Donald Trump - porque está claro para mim que continuar (na briga) tornaria isso mais difícil”, escreveu o ex-prefeito de Nova York em e-mail aos apoiadores.

Na terça-feira (3), Bloomberg venceu apenas em Samoa Americana.

Superterça impulsiona Biden

O ex-vice-presidente venceu em 10 Estados na Superterça: Texas, Oklahoma, Arkansas, Minnesota, Alabama, Tennesee, Carolina do Norte, Virgínia, Massachusetts e Maine.

O senador Bernie Sanders venceu em Utah, no Colorado e em Vermont, e lidera a apuração na Califórnia. Até o momento, Biden tem 509 delegados contra 449 do rival, segundo projeção da CNN. São necessários 1.991 para garantir a nomeação do partido na Convenção Nacional Democrata, em julho, e disputar a presidência. 

Elizabeth Warren foi derrotada em Massachusetts

A senadora Elizabeth Warren foi derrotada em seu estado natal, Massachusetts, por Joe Biden e Bernie Sanders

Crédito: CNN