Posse de presidente do Afeganistão tem explosões, mas não há feridos


Da CNN Brasil, em São Paulo
09 de março de 2020 às 12:52 | Atualizado 09 de março de 2020 às 13:01

A cerimônia de posse do presidente Ashraf Ghani no Afeganistão foi marcada por explosões nesta segunda-feira (9), informou a agência Reuters — não houve feridos. No momento do ataque, o novo chefe de estado falava a autoridades e apoiadores do lado de fora do palácio presidencial em Cabul, capital do país.

Ghani estava no meio do discurso quando o público entrou em pânico com o barulho das explosões. seguranças correram até o presidente, mas ele manteve-se no palco e pediu calma a autoridades e apoiadores.

"Nós temos visto tantos grandes ataques, então não fiquem assustados com uma ou duas explosões. Fiquem calmas", disse. Na sequência, Ghani abriu o paletó para mostrar que não estava de colete à prova de balas.

Horas depois do caso, o grupo extremista Estado Islâmico reivindicou a autoria do ataque por meio de comunicado divulgado no Telegram, mas não forneceram nenhuma evidência, de acordo com a Reuters.

As eleições presidenciais que reelegeram Ghani com 50,6% dos votos foram contestadas por seu principal adversário, Abdulah Abdulah, que obteve 39,5% e se declarou presidente do país. O resultado oficial só foi divulgado após o pleito. Mesmo assim, ambos fizeram cerimônias de posse em diferentes alas do palácio presidencial.