Pandemia do novo coronavírus suspende reuniões do Mercosul com União Europeia


André Spigariol Da CNN Brasil, em Brasília
17 de março de 2020 às 23:32
Conclusão das negociações do acordo Mercosul-União Europeia

Conclusão das negociações do acordo Mercosul-União Europeia

Foto: Heitor Granafei - 28.jun.2019/MRE

Devido à pandemia do novo coronavírus (COVID-19), estão suspensas as reuniões entre Mercosul e União Europeia para a revisão jurídica do texto final do acordo de livre comércio entre os dois blocos, assinado no ano passado. Os encontros estavam previstos para ocorrer ainda neste mês. Com a suspensão, o cronograma de aprovação do tratado pelos países que integram os dois blocos deve atrasar. A informação foi confirmada à CNN por fontes diplomáticas.

Em abril, uma delegação do Mercosul viajaria a Bruxelas para a última etapa de ajustes no texto legal do acordo. Para não paralisar os trabalhos, foi cogitada a realização de reuniões por meio de videoconferências, no entanto, a proposta não avançou. Os europeus entenderam que, mesmo à distância, haveria risco para seus diplomatas e negociadores, já que alguns deles são idosos e fazem parte de grupos de risco. 

A diplomacia brasileira considera que a suspensão das reuniões é o procedimento normal, em linha com as medidas que já vem sendo adotadas em diversos lugares do mundo. O Itamaraty ainda avalia a melhor forma para retomar os trabalhos do Mercosul por meio de videoconferências. Um embaixador ouvido pela CNN avalia que, mesmo à distância, os encontros exigem prudência, já que muitas vezes reúnem muitas pessoas na mesma sala. 

O Mercosul também suspendeu uma rodada de negociações comerciais com o Canadá que estava prevista para o final de março, para dar andamento à proposta de acordo de livre-comércio dos canadenses com o bloco. Sob a presidência do Paraguai, todas as reuniões dos sul-americanos estão suspensas até o dia 27 de março, pelo menos, em virtude da pandemia de COVID-19. 

Outro acordo que deve atrasar por conta do coronavírus é o Mercosul-EFTA (Associação Europeia de Livre Comércio), bloco composto por Islândia, Liechtenstein, Noruega e Suíça. As reuniões de revisão do texto deste tratado também foram suspensas.

A assessoria de imprensa do Itamaraty não comentou a suspensão das reuniões do Mercosul, e disse apenas que a medida é uma consequência natural da pandemia da COVID-19.