Pela 1ª vez, China passa um dia sem registrar contágio local de coronavírus


Da CNN Brasil, em São Paulo
19 de março de 2020 às 03:20
Equipe médica atua em hospital de Wuhan, China, epicentro do coronavírus

Equipe médica atua em hospital de Wuhan, China, primeiro epicentro do novo coronavírus

Foto: China Daily via REUTERS-16/02/2020

País onde a pandemia do novo coronavírus (COVID-19) teve origem, a China não registrou nenhum caso de contágio local da doença nesta quarta-feira (18). Desde que os registros sobre o vírus começaram a ser divulgados, em janeiro, é a primeira vez que os boletins não reportam infecções contraídas localmente. 

Na quarta-feira, o governo chinês contabilizou 34 novos casos da doença — porém todos de pessoas que tiveram contato com a COVID-19 no exterior. 

De acordo com o último balanço divulgado pelas autoridades locais, a China soma 80.928 casos de COVID-19, além de 3.245 mortes e 70.240 pacientes recuperados.

Embora concentre todas as oito mortes registradas pela doença nesta quarta, a cidade de Wuhan, primeiro epicentro de propagação do vírus, não registra mais a maioria dos novos casos, que agora se concentram em Beijing, Guangdong, Xangai, Heilongjiang and Zhejiang. 

Embora a propagação da doença demonstre sinais de redução no país, Wuhan e outras zonas seguem isoladas. De acordo com o jornal estatal China Daily, um desbloqueio deve acontecer quando não forem registrados novos casos por 14 dias.