Angela Merkel bane encontros com mais de duas pessoas na Alemanha


Nadine Schmidt da CNN, em Berlim
22 de março de 2020 às 19:15 | Atualizado 22 de março de 2020 às 19:22
Angela Merkel

Angela Merkel, chanceler da Alemanha, em entrevista coletiva falando dos efeitos do coronavírus (22.mar.2020)

Foto: Michel Kappeler/Reuters
 

A Alemanha fechou o cerco para cidadãos que permanecem nas ruas do país. A partir de agora, é proibido que grupos permaneçam nas ruas alemãs. No máximo, duas pessoas por vez. É mais uma medida do governo alemão para evitar proliferação do coronavírus no país.

“A Alemanha proibirá grupos com mais de duas pessoas”, disse a chanceler Angela Merkel, durante uma coletiva de empresa. “Nós precisamos diminuir o contato físico entre as pessoas o máximo possível para ganhar tempo contra o avanço do vírus.”

As medidas foram anunciadas neste domingo (22). A decisão ocorreu após uma conversa telefônica de Merkel com 16 governadores. Além disso, ela afirmou que a distância mínima entre as pessoas deve respeitar de 1,5 a 2 metros.

A chanceler também determinou que restaurantes, cabeleireiros e estúdios de tatuagem também deverão permanecer fechados. Todas as medidas devem durar, no mínimo, duas semanas, mas podem ser prorrogadas.