EUA: apoio contra COVID-19 inclui US$3 mil para famílias e US$4 tri em liquidez


Reuters
22 de março de 2020 às 18:06

O projeto de lei que prevê apoio econômico devido ao coronavírus que está sendo finalizado pelo Congresso norte-americano incluirá um pagamento único de US$ 3 mil a famílias e permitirá que o Federal Reserve levante até US$ 4 trilhões em liquidez para fomentar a economia do país, disse o secretário do Tesouro dos EUA, Steven Mnuchin.

Falando ao programa de televisão "Fox News Sunday", Mnuchin disse que as medidas adicionais de liquidez permitirão ao banco central dos EUA ajudar uma ampla base de empreendimentos a suportar os próximos 90 a 120 dias.

Autoridades do governo Trump esperam finalizar a lei neste domingo e colocar para votação na segunda-feira, disse Mnuchin, acrescentando que outras medidas poderão ser tomadas se a crise não diminuir em 10 a 12 semanas.

Mnuchin

Homem caminha pela Wall Street, em Nova York

Homem caminha pela Wall Street, em Nova York, em meio ás preocupações com o avanço do coronavírus nos EUA

Foto: Lucas Jackson - 18.mar.2020/ Reuters

"Precisamos colocar dinheiro na economia agora. Se fizermos isso, pensamos que podemos estabilizar a economia", disse.

Quase um em cada quatro norte-americanos, ou 80 milhões de pessoas, recebeu ordem para fechar empreendimentos e ficar em casa, uma vez que Nova York, Califórnia, Illinois, Connecticut e Nova Jersey instituíram isolamentos estaduais para tentar conter a rápida disseminação da doença respiratória altamente contagiosa.