Trump envia navio-hospital da Marinha para ajudar população de Nova York

O estado norte-americano é o mais afetado pelo avanço da doença nos Estados Unidos

Da CNN, em São Paulo
28 de março de 2020 às 17:52

O presidente norte-americano Donald Trump enviou neste sábado (28) o US. Comfort, um navio-hospital, que irá auxiliar nos atendimentos médicos no estado de Nova York - o mais afetado pelo avanço do coronavírus nos Estados Unidos.

De acordo com Trump, as instalações médicas da embarcação não serão, necessariamente, utilizadas no atendimento de pacientes com suspeita ou confirmação da COVID-19, mas no atendimento geral da população para ajudar a desafogar o sistema de saúde.

"A missão deles será cuidar dos nova-iorquinos que não têm o vírus, mas que precisam de cuidados urgentes", explicou Trump durante a coletiva de imprensa. 

Conforme o presidente, a embarcação é "equipada com mil leitos, 12 salas de operação, um laboratório médico, uma farmácia, um laboratório de optometria, radiologia digital, uma tomografia computadorizada e um convés de helicóptero que será usado de maneira muito ativa".

Ela ficou pronta para prestar os atendimentos em uma operação que durou quatro dias - quatro semanas antes do previsto. Ela saiu de Norfolk, no estado da Vírginia, rumo ao estado de Nova York, onde deve chegar na segunda-feira (30). Os atendimentos começam na terça-feira (31).

Levantamento dos órgãos de saúde do país mostra que Nova York tem, até a tarde deste sábado (28), 52.318 mil casos registrados e 728 mortes causadas pelo novo coronavírus.

Além disso, Trump mudou o discurso e afirmou, neste sábado, que considera determinar quarentena em Nova York. De acordo com Trump, a quarentena seria de "por um pequeno período de duas semanas", conforme informou a CNN.

Trump anuncia envio de navio-hospital para ajudar em Nova York
Foto: CNN (28.mar.2020)