Tóquio confirma mais de 50 novos casos de coronavírus

Governadora pediu que população se mantenha em casa até 12 de abril; número é recorde de novos casos

Da CNN, em São Paulo
28 de março de 2020 às 06:05 | Atualizado 28 de março de 2020 às 07:18
Homem caminha usando uma máscara protetora, em meio à pandemia do coronavírus, no distrito comercial de Ginza em Tóquio
Foto: Issei Kato/Reuters

A cidade de Tóquio, no Japão, confirmou mais de 50 novos casos do novo coronavírus neste sábado (28), registrando aumento recorde diário, segundo a rede nacional NHK.

A governadora de Tóquio, Yuriko Koike, requisitou que dezenas de milhões de pessoas na capital e regiões próximas evitem sair de casa em ocasiões que não sejam urgentes ou essenciais até o dia 12 de abril.

O primeiro-ministro Shinzo Abe disse nesse sábado que o governo mal consegue evitar uma emergência por causa do surto de coronavírus. Ele também pediu neste sábado que as pessoas evitem reuniões não essenciais e que as infecções podem aumentar se deixarem de tomar as medidas de prevenção.

Ele acrescentou que o governo japonês prepara um pacote de estímulo econômico que incluirá pagamentos em dinheiro para famílias e pequenas empresas atingidas pelas consequências da pandemia de coronavírus.

"Definiremos um pacote de estímulo de tamanho sem precedentes que excederá o compilado após a crise do Lehman", disse Abe em entrevista coletiva, acrescentando que o pacote incluirá medidas fiscais e monetárias. Com Reuters