Donald Trump comemora saída de Bernie Sanders de corrida presidencial

O republicou postou declaração acalorada no Twitter após a declaração

Stephanie Bevilaqua CNN Brasil
08 de abril de 2020 às 14:10 | Atualizado 08 de abril de 2020 às 14:48
O presidente Donald Trump, durante conferência de imprensa nesta segunda-feira (
O presidente Donald Trump, durante conferência de imprensa nesta segunda-feira (23)
Foto: Jonathan Ernst/Reuters

Após o anúncio de desistência do rival, o presidente norte-americano, Donald Trump, comemorou o acontecimento no Twitter e sugeriu que os eleitores democratas migrassem a seu favor. 
 
“Bernie Sanders está FORA! Obrigada Elizabeth Warren. Se não fosse por ela, Bernie teria vencido em quase todos os estados na Super Tuesday”, disse Trump se referindo a data das eleições primarias presidenciais nos Estados Unidos, a Superterça.

Trump também agradeceu a senadora Elizabeth Warren, antiga pré-candidata democrata à presidência dos EUA, reiterando sua crença de que ela pode ter retirado votos suficientes de Sanders na Superterça do mês passado. A senadora foi a segunda pré-candidata a desistir da disputa depois da Superterça, em março. O primeiro foi o ex-prefeito de Nova York, Michael Bloomberg. 

“Isso acabou do jeito que os Democratas e o DCN (Comitê Nacional do Partido Democrata) quiseram, o mesmo fiasco de Crooked Hillary.”, se referindo sarcasticamente a ex-secretária de Estado, Hillary Clinton, e seu envolvimento com o suposto uso de e-mails pessoais na Casa Branca durante o governo Obama. 
 
E ele completou: “O pessoal do Bernie deveria vir para o Partido Republicado, TRADE”, completando com o termo em inglês, que no mercado financeiro significa uma negociação de compra e venda simultânea, aludindo a uma relação troca.